COMPARTILHAR VIA

Diferentemente da Multiplus que avisou e mudou seu regulamento para tal fim, hoje, o leitor Eduardo entrou em contato que ao tentar emitir uma passagem prêmio via Smiles recebeu a seguinte mensagem “O Cliente informado já atingiu a quantidade de emissões permitidas”. Essa mensagem apareceu para a sua conta e a conta de sua esposa.

Se esta mensagem apareceu é porque algo está sendo desenvolvido, afinal de contas não existe duendes no sistema da Smiles, e a empresa poderia estar pretendendo limitar o número de emissões do cliente.

Como ainda não temos ciência do que está por vir só podemos especular nesse momento. A limitação será por quantidade emitida por cliente? Ou será uma limitação para terceiros?

Uma coisa é certa, todo esse esforço vem para enfraquecer o mercado de negociação de milhas, exatamente como divulgamos no meio do ano passado. Isso é uma forma de proteger o programa de fidelidade e gerar mais valor para aqueles usuários que desejam utilizar as milhas ou pontos de forma pessoal, que são a maioria dos usuários do programa.

Em se tratando de tecnologia sabemos que o Smiles está na liderança do mercado nacional, e caso a empresa anuncie algo nesse sentido, diferente da sua concorrente, não “pagaríamos” para ver. 

No entanto ao entrarmos em contato com a Smiles sobre o ocorrido a empresa se manifestou pela seguinte nota:

A Smiles informa que não limita e nem pretende limitar a quantidade de emissões de passagens de seus clientes. Há limite apenas para emissões de Viaje Fácil (que permite ao cliente a emissão, mesmo sem milhas, e quitar as passagens até 60 dias antes do embarque): o cliente não pode ter mais de duas emissões em aberto, ou seja, não quitadas. Devido a uma instabilidade momentânea no sistema da Smiles ontem, alguns clientes receberam essa mensagem por engano ao tentar emitir passagens com milhas. O problema foi solucionado.

Parece que somente a Multiplus/Latam está trilhando nesse caminho para restringir as emissões dos seus clientes, o que não é legal nem tem amparo jurídico e só vai gerar aborrecimento aos seus clientes. 

Nós entendemos que todos devem ser livres e dispor de suas milhas ou pontos como quiserem, assim como acreditamos ser um erro esse novo regulamento da Multiplus/Latam que acaba sendo um convite a desassociação ao programa.

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.