O Presidente da Multiplus, Roberto Medeiros, entrou em contato conosco sobre nossa última postagem sobre a última promoção da empresa, certamente pelo tom crítico. Em conversa pelo telefone ele afirmou que a ação é inovadora no sentido de que você não se restringe a um cartão específico, mas sim a qualquer cartão das bandeiras participantes, que irão acumular pontos.

A maior polêmica, que foi a questão do limite em 300 pontos por bandeira, foi um acerto com a bandeira, pois isso não pode ser uma imposição da Multiplus, e sim de um acordo entre as partes que operam tal questão. Além disso, o objetivo também foi contemplar o cliente que faz transações pequenas, o que de fato fica muito mais vantajoso do que utilizar o cartão de crédito, vide que para acumular 20 pontos num cartão de crédito padrão seria necessário um gasto de 70 Reais, enquanto que na atual promoção você acumula com qualquer valor.

Também conversamos sobre atrelar a promoção aos participantes do Clube Multiplus, e conforme o presidente, a ação se deve para beneficiar os participantes do clube, sendo que existe a possibilidade de abrir essa ação no futuro para todos os participantes do programa, e que como o programa é de coalizão, a missão é fazer com que todos acumulem pelos mais diversos meios possíveis, afim de poder trocar seus pontos por aquilo que o cliente deseja.

Fiquei surpreso com a ligação, e achei a inciativa boa, que demonstra apreço pelo consumidor, porém não foi suficiente para me convencer. Como foi escrito no post original, 300 pontos não é o valor suficiente para estimular uma assinatura ao clube para participar dessa promoção. Agora, todos que possuem o clube devem se cadastrar nessa promoção, pois como também dito anteriormente “não vamos negar pontos”, especialmente nesse momento econômico de hoje, pois esses são pontos verdadeiramente gratuitos para os que já possuem o clube, e só é uma pena que essa iniciativa muito boa tenha sido limitada a um valor muito baixo de pontos.

*Você pode ler o post original clicando aqui.