Essa foi a pergunta que mais recebemos durante a abertura de uma caixinha de perguntas no Instagram. E a resposta é bem simples: NÃO. Mas e o meu perfil? Nesse ano de 2023, independente do seu perfil a resposta será NÃO e iremos explicar o porquê.

Primeiramente o que seria um STATUS  RUN

Esse é um termo antigo que é utilizado para especificar quando você vai fazer algo somente em virtude do Status podendo ser no solo para programas de hotéis (Mattress Run) ou no ar para programas de cia aérea.

Por que em 2023 não está valendo a pena fazer o status run da LATAM?

Porque o programa a partir de março desse ano perderá diversos benefícios, entre eles, alguns já perdidos e além disso, a cia aérea não participa mais de nenhuma aliança aérea, então vejamos:

  • Fim do desconto elite para o resgate de passagens;
  • Fim do teto de emissão para o resgate de passagens;
  • Fim do cupom de upgrade ilimitado;
  • Fim do upgrade gratuito para qualquer tipo de tarifa;
  • Fim do cancelamento/remarcação gratuita;
  • Cia aérea não participa de uma aliança aérea;
  • Sem reciprocidade de benefícios no mundo; e
  • Sem programa Lifetime de benefícios.

Na prática, o que você irá ganhar se for status elite Black Signature na LATAM em 2023/2024?

  • Acesso ao Special Services.

E agora vem a parte mais “complexa”, aquela em que você tenta “justificar” o status para você invocando o perfil de viagens, e temos dois tipo de perfis aqui, aqueles que viajam muito de LATAM no Brasil, e aqueles que viajam muito de LATAM no Internacional.

Então se eu viajo muito de Latam no Brasil, o Black Signature não faria sentido para o meu perfil? 

E a resposta é: Poderia até fazer, mas ao escolher a LATAM para pontuar seus voos domésticos, você está abrindo mão de outras escolhas mais sólidas de programas parceiros para receber status num programa que não trará nenhum retorno para você, uma vez que o programa pontuará menos em uma moeda de milhas mais fraca com possibilidades de resgate que você consegue através de transferência bonificadas ou compra de pontos com desconto. 

Já para quem viaja muito de LATAM internacional pode achar que é aqui que se encaixa o seu perfil, mas também é outro erro, pois assim como no doméstico, se você pontuar no programa da LATAM internacional, você estará deixando de pontuar em programas muito mais valiosos com benefícios até mesmo para o resto da vida como por exemplo o programa da DELTA ou FLYING BLUE.

Mas e a questão do upgrade gratuito?

Ora, agora com a mudança do programa, para conseguir o upgrade gratuito você irá precisar gastar mais dinheiro ou mais pontos em tarifas que permitem o upgrade, que por vezes chegam a ser mais caras que a própria tarifa em classe executiva promocional.

Logo, o principal benefício do programa, a partir de março desse ano, deixará de existir, e não mais justificará pontuação na LATAM.

Inclusive caso você consiga uma tarifa executiva promocional, o melhor cenário possível seria pontuar num programa estrangeiro, que irá te dar muito mais milhas, e milhas essas que valem mais do que o LATAM PASS.

Na realidade, hoje, não existe justificativa plausível para se pontuar no LATAM PASS a nível de status elite, a não ser pelo simples “querer”, porque como dissemos, na prática o único benefício será o acesso ao special services que em detrimento de tudo o que você pode ganhar em outra programa parceiro não vale a pena.

Obviamente que cada um tem suas particularidades e não existe problema algum em fazer um status run para obter uma categoria elite no programa, mas não podemos também dizer que isso vale a pena tendo em vista as últimas alterações no programa.

Pode ser que isso mude no futuro, mas na atualidade, para 2023 e 2024 com as regras atuais, é melhor ter um cartão cobranded com a LATAM do que “correr” atrás de status. 

Quer fazer status run? Então faça onde você realmente será valorizado não só na cia aérea, mas também na aliança aérea utilizando os programas da American Airlines, United Airlines ou Delta Airlines. 

E no fim de tudo ainda pode surgir aquela pergunta: E se eu viajo somente de LATAM? Daí, você precisa na verdade é mudar seu perfil, porque viajar só de LATAM é jogar dinheiro fora tendo em vista as alternativas presentes para quem viaja a partir do Brasil.