Agora é oficial, a TAP volta para o Governo Português de acordo com o Jornal Econômico, onde você pode encontrar a fonte original clicando aqui.

De acordo com a reportagem, a gestão não será governamental, mas sim de um corpo executivo a ser contratado para administrar a TAP. 

Conforme escrito no jornal:

“O Estado não vai gerir a TAP,  vai ser contratada uma equipa. Vai ser feito um processo de seleção tal como normalmente é feito por um acionista privado. É uma empresa que tem no quadro do seu trabalho procurar uma equipa qualificada para gerir a TAP”, disse hoje o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

E agora vamos aguardar para verificar qual será o impacto disso no Miles&Go. O que vocês acham que pode acontecer?