Três dias atrás divulgamos o lançamento dos novos cartões Smiles, nas variantes GOLD, Platinum, e Infinite. Os cartões vieram com bastante benefícios interessantes, e para quem adquirir até o dia 8 de Janeiro de 2018 ainda receberá um bônus de contratação do Cartão. Daí surge a pergunta: E agora? É o melhor cartão de crédito do Brasil?

A Resposta é não, pois existem outros muito melhores, e ainda continuamos com a nossa lista oficial que deverá ser atualizada agora no fim de 2017, porém a lista, e o artigo escrito naquela época continuam valendo.

Mas de toda forma é preciso compreender que a empresa Smiles cometeu um acerto no lançamento de seus novos cartões, embora ainda esteja carecendo de mais benefícios que estimulem a contratação, houve uma melhora significativa em relação ao passado. Com base nisso vamos dar uma analisada no Cartão Smiles Visa Infinite.

É preciso destacar que esse artigo não é patrocinado, e o fato de uma melhora ser reconhecida, seja da empresa A ou B, não significa que o site foi pago para dizer coisas boas, pois aqui apenas é dito a verdade com base no ponto de vista do autor.

Muito bem, vamos aos diferenciais do Cartão Smiles, sem abordar os benefícios da bandeira Infinite em si:

  • Bônus de contratação mediante o pagamento da anuidade;
  • Fator de conversão de 2,2/2,5 a depender da contratação do Clube Smiles;
  • Acessos ao Gol Premium Lounge;
  • Primeira Bagagem gratuita na GOL;
  • Check-in e embarque preferenciais na GOL;
  • Fator de conversão de 3,2/3,5 nas compras da GOL;
  • 12 vezes sem juros na compra de passagens GOL;

É importante destacar que os benefícios acima nada tem a ver com a bandeira, mas sim em função de o cartão ser co-branded com a Smiles, e é a primeira vez que um cartão de crédito brasileiro oferece um bônus de contratação sem contrapartida de gasto. Daí já surgem algumas controvérsias.

A primeira é que a anuidade do cartão é R$ 1.092,00, e que com isso é possível comprar mais do que 40 mil milhas em tempos promocionais, o que é verdade, todavia a anuidade não tem relação alguma como o bônus inicial, e sim com as contrapartidas e benefícios oferecidos pela bandeira visa infinite. Vamos observar os concorrentes:

  • Porto Seguro Vista Infinite: R$ 1.200,00
  • Itaú Visa Infinite: R$ 980,00
  • Santander Unlimited Visa Infinite: R$ 1.100,00

Perceba que as anuidades são congruentes entre si para oferecer os benefícios específicos da bandeira visa infinite, porém aqui o cartão Smiles cometeu um erro, que talvez fizesse toda a diferença, que é a questão do benefício do Priority Pass, que nesse caso, o simples acesso às salas vip da GOL, que são mínimas no território nacional não é suficiente. Esse foi um erro do cartão, e por isso o cartão fica atrás tanto do Santander infinite como do Porto Seguro Infinite.

Outro erro não considerado do cartão foi a questão da conversão, que deveria ter sido no mínimo de 3,5 pontos por dólar para quem não é do clube, e 4 pontos por dólar para quem é do clube, para competir com as constantes promoções de bônus de transferência. Todavia aqui existe um alerta, que pode ou não se confirmar no futuro, que é a redução de bônus de transferência, uma vez que o Smiles agora tem seu cartão co-branded e fará de tudo para promovê-lo, então ficaremos atento para esse fator.

Os demais benefícios apresentados são “obrigatórios” em um cartão co-branded e interessantes, mas nada que seja muito atrativo a fim de estimular a solicitação do cartão.

Agora vamos ao ponto interessante desse cartão, que é a necessidade de renda mínima de 20 mil reais, que se comparado aos demais, é um valor um pouco menor, e com persistência pode ser até possível conseguir um cartão desse porte com menos do que a renda mínima solicitada.

O parágrafo é importante, porque uma pessoa pode conseguir o Smiles Infinite, e não os outros, e comparativamente falando pode ser melhor que o Platinum de outros bancos, mesmo com os bônus de transferência, e nesse quesito que entra a vantagem da solicitação do Smiles Infinite.

Obviamente quem puder ser aprovado para cartões Black ou Infinite que gerem ao menos 2 pontos por dólar devem priorizar esse, porém caso contrário o Smiles Infinite é uma solução, considerando que o utilizador pretenda obter apenas milhas smiles.

CONCLUSÃO

O cartão Smiles Infinite é bom, porém pior que praticamente todos os demais das bandeiras Black e Infinite, com exceção do Itaú, que nem benefícios tem. A empresa cometeu erros e acertos, mais erros diga-se de passagem, porém trouxe no fim um produto que consideramos regular para bom, que pode funcionar muito bem para um grupo seleto de pessoas.

Na nossa opinião, esse grupo seleto de pessoas são aqueles que viajam majoritariamente com a GOL, são assinantes do Clube do Smiles, e utilizam suas milhas smiles para voar nas parceiras internacionais da GOL como Delta, Air France, e KLM.

Outra questão que não abordamos acima, e que a empresa errou foi dar um benefício mínimo para quem assina o clube smiles, que além da anuidade do cartão irá pagar uma mensalidade para GOL. Esses mereciam um fator de conversão melhor, bem como um bônus de contratação mais alto.

Considerando o conjunto da obra e possíveis futuras promoções para os portadores do cartão pode valer a pena solicitar o cartão Smiles infinite, se e somente se, você não consiga ser aprovado para outros cartões do mesmo tipo, pois como dito acima, apesar de bom, o produto ainda está atrás no mercado.

A confirmação de que esse produto irá se destacar ou não está nas futuras promoções de cada um dos bancos, pois analiticamente falando, para quem já possui um cartão similar, não vale a pena dispender pouco mais de mil reais anuais para solicitar esse cartão, no que foi outro erro da empresa, a de não permitir uma opção de diminuir a anuidade.

Está tudo no começo ainda, o mercado é bem amplo, e o produto certamente tem espaço. Deixamos aqui nosso relato, e esperamos que tenha ficado claro, pois como foi relatado acima, esse artigo não foi patrocinado, e o fato de apresentarmos o cartão não quer dizer necessariamente que estamos endossando o produto, ou ainda dizendo que é melhor que os demais, o que alguns leitores interpretaram no artigo anterior a respeito, o que não é verdade. Agora, é necessário ressaltar que a empresa trouxe um produto evoluído, e que pode ser bom para certos segmentos do mercado. Agora fica a pergunta: você concorda ou discorda, e por quê?