O RecargaPay efetuou uma verdadeira quebra contratual, pois quando ofereceu o Prime + para os futuros clientes afirmou que aquele então poderia pagar qualquer conta até o limite de 5 mil reais mensais, pois bem, esse valor caiu para 3 mil mensais.

Mas não fiquemos tristes, pois existem bastante opções hoje no mercado sem custo, a saber:

  • Mercado Pago: até 500 reais sem custo;
  • AME Digital: até 1.500 reais sem custo;
  • EzPay e IQ com concessionárias pré-aprovadas;

EzPay e IQ são aplicativos novos e muito interessantes, pois ambos recebem a conta diretamente da concessionária (Ex.: Light, Enel, IPTU, etc.) e faz o débito direto no seu cartão de crédito. 

Além de pagar contas sem custo, esses dois aplicativos funcionam como um débito automático direto no cartão de crédito cadastrado, sendo que se utilizado o Visa nos 2 primeiros pagamentos você ainda recebe um desconto.

Então como devemos proceder? Podemos fazer a seguinte lista de prioridades:

1 – IQ e EzPay nas concessionárias pré-aprovadas;

2 – RecargaPay Prime + para contas mais caras (Até 3 mil reais); e

3 – Ame Digital e Mercado Pago cada um com seu limite.

Embora o limite de alguns tenham baixado, esses novos aplicativos que aparecem ajudam a gerenciar esse tipo de operação, que é muito importante para a fabricação de pontos, pois essas contas devem ser pagas de qualquer forma.

É muito triste que as empresas alterem seus limites sem aviso prévio algum, ainda mais quando elas cobram por esse serviço como a RecargaPay, e nesse caso fica muito feio para a empresa podendo até ser responsabilizada por quebra de contrato. Poderiam ao menos devolver o valor de quem assinou e não tem mais interesse. Conte para nós nos comentários qual a sua opinião a respeito.