COMPARTILHAR VIA

Depois de tantas mudanças em 2018, a resposta ficou mais simples, é o seu bolso. Já não existe mais uma grande vantagem em ser fiel a apenas uma cia aérea ou hotel.

Praticamente todos os programas tiveram alterações ruins no ano passado e ocorreu uma mudança de paradigma na maioria dos programas,  da fidelização para a mercantilização.

A partir de agora a empresa vai valorizar quem gasta mais com ela, se uma pessoa comprar uma passagem de 2 mil reais entre Rio e São Paulo terá mais “valor” do que alguém que compre 10 passagens de 200 Reais no mesmo trecho. 

Na prática a fidelidade brasileira está na UTI, porém ainda sim existem grandes oportunidades. Para quem é viajante frequente o porto mais seguro são os programas americanos por incrível que pareça.

Logo quem usa muito a Azul ou Avianca está melhor enviando suas milhas para o MileagePlus, já com a Latam é melhor enviar para o AAdvantage ou Executive Club da British. A única exceção é a GOL, que nesse caso é melhor pontuar mesmo no Smiles que ainda é melhor do que o Skymiles da Delta e o FlyingBlue da Air France KLM.

Como já havia dito em artigo anterior, a minha escolha pessoal recaiu sobre o MileagePlus da United, que atualmente para o meu perfil é o melhor programa de fidelidade pois está de acordo com o meu bolso.

A United tem tido tarifas em classe executiva bem atrativas, quem aproveitou conseguiu comprar São Paulo – Boston por exemplo por 4 mil reais ida e volta, e se for via Chicago ainda poderá voar na Primeira Classe ou na Polaris Nova, um excelente negócio.

Já no programa de Back-up (Passagens mais baratas que na Star Alliance) fico com o AAdvantage seguido do Smiles. Por exemplo se quiser comprar um trecho pra Europa em executiva que a cia aérea mais barata seja a Air France-KLM irei creditar no Smiles, pois como disse o meu perfil a partir de 2019 passa a prestigiar o bolso, ou seja, das viagens que são necessárias as escolhidas serão as com o valor mais baixo a serem creditas na sequencia do MileagePlus>AAdvantage>Smiles, pois essa tríade cobre a maioria das cias aéreas no mundo.

E lá vamos nós de novo, esperando que 2019 traga muitas tarifas boas e que todas possam viajar mais, com destinos novos e da maneira mais confortável possível. E você? Já decidiu qual será a sua estratégia de pontuação de programas de fidelidade? Feliz 2019!

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.