Segue posicionamento oficial da empresa sobre a limitação da emissão de passagens prêmios utilizando pontos multiplus:

A LATAM Airlines Brasil informa que as contas dos clientes que emitiram passagens para 25 CPFs diferentes ou mais em até 12 meses foram liberadas, conforme datas do bloqueio, considerado o prazo de suspensão de seis meses.

A empresa reforça ainda que a emissão de passagens aéreas com pontos Multiplus continua limitada a até 24 registros de CPF a cada período de 12 meses. Neste cenário, vale ressaltar que, caso o cliente descumpra esta regra do programa por mais de uma vez, ele terá a sua conta excluída e o saldo de pontos cancelado, sem direito a qualquer restituição. 

A companhia reforça que essa regra, implementada em 13 de agosto de 2018, visa assegurar o engajamento dos participantes, objetivo primordial dos programas; o contínuo investimento da companhia em novos benefícios; maior segurança aos seus clientes fiéis e frequentes; bem como a melhor experiência na utilização dos programas.

Então entendemos que a Latam trata as emissões como 25 “VAGAS” que são disponibilizadas durante 12 meses. Logo a partir do momento que você emite 1 passagem em 10/10/2018 você passa a bloquear essa “VAGA” por 12 meses e a mesma só será liberada no dia 9/10/2019.

Como você dispões de 25 “VAGAS” é sempre bom manter o controle para não ficar perdido e ter a sua conta bloqueada por 6 meses por falta de atenção. 

É importante ressaltar que com a devida explicação acima, diferente do que muitos estão pensando, no dia 12 de Agosto de 2019 não irá “ZERAR” ou “RESETAR” nada, pois essa renovação ocorre 12 meses a partir da sua primeira emissão, e não no ano calendário de quando começou essa restrição.