Os programas de fidelidade são uma ferramenta poderosa para permitir que você viaje muito mais gastando bem menos, porém essa ferramenta tem ficado cada vez mais difícil de usar, e não por complexidade, mas por dificuldades impostas pelo próprio programa.

O que espanta demais é que essa dificuldade inexiste em programas estrangeiros, ora, na maioria dos programas como AAdvantage, Skymiles, Skywards, MileagePlus, entre outros é possível emitir voos próprios e de parceiros completamente online sem stress algum.

O programa Smiles até pouco tempo atrás era muito bom nesse sentido, e justamente após decidirem “atualizar o sistema” se tornou mais um a integrar o rol de dificultosos para a emissão.

O grande ativo dos programas de fidelidade é a credibilidade, e os brasileiros incluindo o Miles&Go da TAP, tem se mostrado completamente ineficazes para atender ao seu cliente fiel, na simples tarefa de emitir uma passagem prêmio, seja com voos próprios ou de parceiros.

Infelizmente se sugerimos uma denúncia ou judicialização surge aquele papo de que brasileiro judicializa tudo, mas como não recorrer a justiça uma vez que os programas vem praticamente impedindo seus clientes de utilizarem o que é seu de direito?

É nosso desejo que todos os programas funcionem bem, e sabemos que existem flutuações de valores e desvalorizações, mas daí partir para impossibilidade de usar o programa por deficiência técnica da cia aérea já passa a ser algo de má fé.

Escrevemos esse artigo para chamar a atenção de todos, e até mesmo nos colocar a disposição para apontar as falhas e tentar ajudar a todos. É preciso que essa situação termine, pois muitos querem construir planos com suas famílias e são impedidos porque não atendem ligações ou ficam mais de uma hora aguardando, sendo que se os funcionários não estão dando conta, contratem mais, pois até mesmo nisso a economia será ajudada.

Temos percebido um verdadeiro caos nos aeroportos ultimamente e muito disso por falta de funcionário, e a pandemia já não pode ser mais utilizada como desculpa, como a GOL faz com a utilização dos seus lounges.

Já passou da hora de as cias aéreas tratarem seus clientes com o devido respeito e atenção que merecem. Talvez os clientes precisem começar a cogitar utilizar programas alternativos para fazer uma certa pressão para que essas empresas evoluam. 

É muito triste ter de escrever e publicar isso aqui, mas é necessário que todos os programas brasileiros façam uma correção na sua condução e comecem a permitir a devida utilização pelos seus clientes justamente mais fiéis. 

Alguém já decidiu abandonar ou evitar algum programa? Conte para nós nos comentários como tem sido sua experiência para ajudar os colegas da comunidade.