Recebemos muitas perguntas e mensagens no instagram sobre o nosso volume de viagens nesses últimos meses, e olha que nem chegamos na metade. Muita gente perguntando se a viagem era a lazer ou a trabalho, ou ainda ambos. 

Então resolvi fazer esse post para esclarecer uma coisa importante, independente da viagem, seja a lazer ou trabalho, essa deve ter um propósito. E qual o propósito da viagem bate e volta para Santiago do Chile na executiva da Emirates?

Esse realmente é um exemplo emblemático, porque mostra o nosso salto qualitativo por trás de nossas viagens. Primeiramente a tarifa está muito atraente, que foi 1.600 reais na promoção do Visa Infinite e Decolar. Mas mesmo assim, gastar 1.600 reais para fazer um bate volta? É loucura? Será que conseguimos trazer esse valor de volta?

Vamos relacionar o que conseguimos com essa viagem de bate e volta:

1 – Experimentar a Executiva da Emirates no B772;

2 – Produzir vídeo para o canal do Youtube, o qual recomendamos sua inscrição clicando aqui;

3 – Receber milhas Skywards (2.500 milhas apenas); e

4 – REAL PROPÓSITO DA VIAGEM!

Perceba que todos os itens com exceção do 4 não seriam suficientes para estimular um gasto de 1.600 reais, mas que item 4 é esse? O que pode ser tão importante para configurar o gasto? E é aí que entra o salto qualitativo.

Recentemente a Emirates lançou uma parceria com a rede Marriot Bonvoy onde é possível acumular pontos em ambos os programas de forma simultânea, toda via é necessário ser elite em ambos os programas.

Como é muito fácil ser elite no Marriot, você nem precisa se hospedar caso tenha o Amex TPC americano que te dá o GOLD, só nos faltava o status na Emirates para conseguir acumular em dobro.

Nesse fim de ano estamos com várias reservas na rede marriot que programamos desde o início do ano em função dos diversos bugs e também por prestigiar a rede marriot em relação a IHG, e com o elite da Emirates seria muito valioso além de receber os pontos do programa Bonvoy, acumular juntamente as milhas do programa Skywards.

A Emirates oferece um status match challenge em que pede apenas 1 ida e volta em executiva para te dar o match com o seu status em outra cia aérea, e com isso devido a viagem bate e volta do Chile consegui o match da Emirates, e partir de agora para cada hospedagem na rede Marriot, não só receberei os pontos do Bonvoy como milhas do Skywards, as quais considero de um valor elevado já que nenhum cartão brasileiro transfere para lá, e esse acúmulo “turbinado” vai me permitir acumular um valor em milhas da Emirates que superam e muito os 1.600 reais gastos com a passagem.

Mas por que esse relato? Para mostrar que nem tudo é o que parece, e por mais estranho ou esquisito possa parecer um bate e volta ao chile em classe executiva ou ainda ir 2x para a África no mesmo mês tem um propósito que vai superar o valor investido naquela passagem. 

Toda viagem que você acompanhar seja por aqui ou pelo nosso instagram pode ter a certeza de que sempre existirá um propósito.