A Internet trouxe muitas coisas boas, mas ao mesmo tempo coisas piores ainda. É preciso ter muito cuidado ao fazer a sua escolha, e isso serve até mesmo para com o que é divulgado aqui. Sempre tentamos mostrar o melhor caminho de forma que irá ajudar você a economizar mais gastando bem menos, mas em alguns casos o tiro pode sair pela culatra.

Estamos verificando um número ascendente de “gurus” e “influencers” que simplesmente jogam a informação como se aquilo fosse o melhor caminho, como por exemplo comprar pontos com desconto e depois revender fazendo um lucro X, porém esquecem de te contar que isso pode resultar no bloqueio de sua conta.

Ou então, recomendam você transferir para a TAP com 100% de bônus do Sempre Presente, quando na verdade se você deixar lá e utilizar em outras promoções próprias do programa poderá chegar a ter um “bônus” de 1.000% ou mais.

Hoje nos deparamos com uma promoção de 200% de bônus na compra de pontos do programa TudoAzul para quem é cliente do Clube ou 80% para os demais. Essa é uma armadilha óbvia para fazer você ficar “escravo” do clube de pontos. 

Certamente a promoção mencionada acima pode ter suas vantagens pontuais, mas olhando sob um prisma amplo, é nítido a intenção da empresa de querer empurrar o clube de pontos, que hoje é o produto mais valioso de todo o seu portfólio.

Mesmo oferecendo 200% ou até mesmo 300% é preciso entender que esses pontos não tem lastro, ou seja, hoje pode ser bom e amanhã pode ser péssimo, e é por isso que ultimamente temos sido muito seletivos com promoções, divulgando somente aquelas que realmente podem agregar valor a você.

É muito chato escrever isso aqui, mas estamos recebendo muitos emails com denúncias sobre cursos de pontos, consultorias e outros, principalmente de alguns “influencers” que prometem ensinar maravilhas e no final te falam para pagar, como o caso do priority pass já mencionado aqui.

É muito importante que você entenda que NÃO existe “influencer” e sim o contrário, pois é você que se deixa influenciar ou não, e um número de seguidores não concede autoridade a ninguém sobre determinado assunto, mas sim o sucesso comprovado ao longo de anos.

É muito triste receber um email relatando um caso de abuso ou de fraude, mesmo com tantos avisos já deixados aqui. Muitos até ficam chateados conosco porque não conseguimos ajudar e nem mesmo denunciar podemos, pois existe a falta de provas e ficamos somente no “disse me disse”.

Desde a criação desse site tratamos a todos com o maior respeito possível e nossa missão é e sempre foi ajudar ao máximo o leitor, porém essa ajuda é limitada no que diz respeito a esse tipo de assunto, pois ao ceder a tais “recomendações” é um ato próprio da pessoa.

Vamos divulgar alguns temas de email que recebemos durante essa última semana sem rotular remetente só para que vocês tenham uma noção de como acontecem as coisas na internet:

1 – Compra de passagem com milhas e golpe (48 emails);

2 – Consultoria com “Influencer”  e perda de tempo e dinheiro (17 emails);

3 – Curso de milhas e não obteve reembolso (32 emails);

4 – Recomendação de “influencer” com informação errada (12 emails); e

5 – Recomendação de “influencer” sobre promoção de pontos não creditadas e consequente perda de resgate em função da disponibilidade (26 emails).

Essa é a razão pela qual tentamos ser o mais impessoal na condução aqui do Mestre das Milhas, pois nossa intenção é mostrar a informação e orientar de forma mais transparente possível aquilo que possa ser feito.

Nosso site vai completar 8 anos de idade no próximo Setembro e parte o nosso coração ler emails de pessoas que gostariam de viajar com a família sofrendo com esse tipo de situação. Por isso pedimos a todos vocês que antes de tomar qualquer atitude sempre estude tudo, desconfie de tudo, até porque nós podemos errar, e já erramos aqui, e sempre tem algum leitor nos chamando atenção nos comentários, o que é completamente normal, pois num momento de euforia isso acaba acontecendo.

Leia com atenção e tente entender se aquela situação encaixa no seu perfil, e se ficar com alguma dúvida, é por isso que existe a seção dos comentários. Os programas querem mais que você erre mesmo para capitalizar em cima disso, e outros utilizam técnicas de carisma para fazer você acreditar que fez um excelente negócio, quando na verdade trata-se de um golpe.

Como disse nosso querido leitor Tlarss22, se número de seguidores fosse chancela de autoridade teríamos um circo de autoridades no mundo. Então, até mesmo quando ler algo aqui, reflita, pensa, estude e verifique a viabilidade conforme o seu perfil antes de tomar qualquer decisão, e sempre sinta-se a vontade para questionar qualquer coisa na seção de comentários.