A LATAM registrou um crescimento de 350% na procura por voos do Brasil para os Estados Unidos nas primeiras 24h após a notícia de reabertura das fronteiras do país para estrangeiros totalmente vacinados contra a Covid-19. Atualmente, a LATAM já opera 3 voos semanais na rota Guarulhos-Nova York e outros 3 voos semanais na rota Guarulhos-Miami. Em paralelo, a empresa está preparada para aumentar os voos entre os países assim que a reabertura for oficializada pelas autoridades. 

Em toda a pandemia, a LATAM nunca deixou de voar do Brasil aos Estados Unidos. A perspectiva de reabertura reforça mais uma vez a importância da vacinação de todos para a retomada de atividades como o turismo e as viagens a negócios. E também nos coloca em estado de alerta para ampliar os voos já existentes e avaliar a retomada de destinos para os quais ainda não voltamos a voar, como Orlando e Boston”, afirma Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

A LATAM permanece atenta aos movimentos de reabertura não somente dos Estados Unidos, mas de todos os países. O mesmo fenômeno de crescimento da demanda ocorreu após a flexibilização das restrições de Portugal aos brasileiros, que geraram um salto de 300% na busca de passagens para Lisboa. 

Ao todo, a LATAM já retomou voos do Brasil para 14 destinos internacionais (antes da pandemia eram 26), incluindo Santiago, Lima, Madri, Frankfurt, Lisboa, Assunção, Montevidéu, Cidade do México, Miami, Nova York, Buenos Aires, Cancún, Paris e Bogotá. Para preços de passagens, consulte latam.com. Para saber as regras para entrada de cada país, consulte Requisitos para Viajar.