O Latam Pass enviou um email a sua base de clientes no dia de hoje alertando para a questão de venda de milhas de um modo um tanto discreto. Já há algum tempo o programa vem combatendo essa prática impondo uma série de dificuldades ao resgate de pontos. Vejam o teor do email abaixo:

O programa LATAM PASS é o maior programa de fidelidade da América Latina e oferece diversos benefícios exclusivos a você, nosso cliente.

Mas, para que você continue aproveitando todos esses benefícios, é importante lembrar que a má utilização do Programa pode acarretar no bloqueio ou até mesmo na exclusão definitiva da sua conta.

Para não ter a sua conta suspensa,
atente-se aos pontos abaixo:

A venda de pontos LATAM PASS configura uma infração ao programa.
O fornecimento de informações falsas ou inexatas para a realização de transações pode ser considerado fraude.
As informações de login, senha e número LATAM Pass são de uso pessoal, intransferível e de exclusivo conhecimento do Cliente, sendo seu dever não divulgá-las ou compartilhar por qualquer meio ou forma. Caso ocorra a utilização das suas informações de uso pessoal, inclusive por terceiros, você será responsável por todas essas atividades, eximindo a LATAM por qualquer uso indevido.

Caso sejam identificadas estas e outras situações irregulares, a sua conta será suspensa por um período de 06 (seis) meses ou, a depender da gravidade da situação, poderá ser excluída definitivamente.

A exclusão da sua conta é penalidade definitiva e implica na perda de todos os direitos relacionados ao Programa de modo irreversível, incluindo os benefícios de categoria do Programa como embarque preferencial, bagagem adicional, upgrade de cabine, acesso à sala VIP, reserva de assento sem custo, dentre outras vantagens e no cancelamento do saldo de pontos.

A penalidade será aplicada tanto ao cliente que praticou quaisquer destes atos, quanto ao cliente que o auxiliou ou contribuiu para a prática, ou que dela tenha se beneficiado.

Lembre-se: O compartilhamento do seu número LATAM Pass e senha com terceiros coloca em risco os seus dados pessoais e a sua segurança.

É notório que o programa e a cia aérea cada vez mais fecham o cerco e querem inviabilizar totalmente o comércio de milhas. Para aqueles que arriscam nesse mercado talvez seja o momento de repensar a estratégia, pois em função da recuperação da pandemia as cias aéreas podem tomar medidas para proteger ainda mais os seus programas e com isso prejudicar quem vende milhas. 

Isso é especialmente importante nessa época de surgimento de “várias autoridades de instagram” recomendando curso sobre isso para renda extra. Só podemos alertar aqui para que todos tomem muito cuidado com isso, pois a única renda extra que se torna realidade é para o vendedor do curso.