COMPARTILHAR VIA

ATENÇÃO: A notícia é péssima – mas, estamos fazendo como eles – dando como se fosse algo bom

Nada me deixa mais chateado que ter que dar uma (várias) notícias péssimas sobre mudanças realizadas em total desfavor do consumidor, em especial quando aproximadamente 7 (sete) anos atrás fiz meu primeiro voo em primeira classe no icônico 777 que me lembro de voar, entre Guarulhos e Miami. Realmente, bons tempos…

(E aproveitando a oportunidade, como vários leitores me enviaram e-mail através do [email protected] dizendo que não sabiam se foi erro do site e quem realmente fez a matéria, por conta de aparecer meu nome, mas, não minha foto, faço questão de mostrar como eram os tempos áureos desta empresa postando minha foto neste 777)

Existe um provérbio inglês que diz Nothing is so bad but it might be worse, que traduzindo fica algo como “Nada é tão ruim que não possa piorar”.

Com esta frase excelente, onde a cada pacote de maldade efetuado por absolutamente TODOS os programas de fidelidade (Exceto o Smiles, que, apesar de algumas tarifas surreais não fez mudanças abruptas com o intuito de prejudicar o consumidor) informamos que, para quem já estava se desesperando para atingir o status com a LATAM, ou melhor, direcionar para outra companhia a LATAM dará uma forcinha para você manter seu status: para ser elegível ao upgrade cortesia de clientes Elite, a partir de agora você será obrigado a comprar a tarifa Plus ou Top para ser elegível a solicitar o upgrade cortesia.

Assim, você gastará mais e ficará mais fácil de renovar o status no ano subsequente. Desta forma, alguns blogs com toda certeza irão avaliar esta medida como positiva com o argumento pífio acima, e dizendo que estão passando por um ano de dificuldades, quando, na verdade sabemos o que ela realmente impacta ao consumidor, e principalmente a você que deu toda sua lealdade para a LATAM este ano para se qualificar talvez até março de 2020 e recebe “de brinde” uma dessa. Afinal, nada como ser juiz do próprio jogo.

E você, o que achou da mudança?