COMPARTILHAR VIA

Todos sabemos que a Avianca alterou de forma leonina sua tabela de resgates recentemente. O problema não fora a alteração em si, que claro, faz os consumidores de otário, mas principalmente o fato da falta de clareza e declarações que não foram verdadeiras que foram passadas, além do pouquíssimo prazo dado.

As redes sociais do programa Amigo, bem como da própria Avianca foram inundadas de reclamações o que este blog apoia como movimento a favor do consumidor, que foi a parte mais lesada nesta relação.

Como experiência própria digo que emiti para Dubai recentemente por 140.000 pontos ida e volta em executiva, e, agora, o valor, pasmém, 640.000 pontos. Isso seria como se o dólar passasse a valer R$16,00 e as coisas subissem 4x! Uma verdadeira inflação controlada pelo próprio emissor causando um enriquecimento sem causa ao programa, que estimulou veemente e frequentemente transferência com bônus altíssimos, e conseguiu a pior tabela do Brasil.

Ademais, até mesmo o TudoAzul que temos considerado um dos piores programas em relação ao valor dos pontos, o seu teto máximo é de 50.000 pontos, e a Avianca está chegando em alguns trechos a 60.000 pontos!

Além de toda esta Maxi Desvalorização da pontuação, não existe um fator claro que mostre o mínimo e máximo cobrado, tampouco os critérios adotados.

Ainda assim aguardamos um posicionamento da companhia a respeito dos mais de 15 (quinze) trechos que não houveram alteração, e ainda o matemático que comprove que 140.000 + 20% = 640.000. Assim que a companhia nos enviar um posicionamento que estamos aguardando publicaremos de imediato.

Entretanto, pelo que vemos, aparentemente eles ficarão mais preocupados em efetuar uma nova promoção tentando angariar mais pontos do que realmente tratar quem já transferiu, visto a quantidade de promoções publicadas e todo o “mistério” acerca da nova tabela, até a sua implantação. Afinal, quando implantaram e vimos os valores absurdamente ridículos achamos que se tratava de uma falha sistêmica e imediatamente os questionamos, e ficamos abismados com a resposta de que era aquilo mesmo.

Enquanto isto, alguns blogs que são pagos dizem que o programa passa por um ano de dificuldades e que temos que entender. Entender depois de fazerem esta palhaçada e te fazerem de trouxa? Este mesmo deveria repor toda a perda patrimonial dada pelo programa aos usuários, se ele quer ser o salvador, que seja sozinho, pois nós não temos que pagar o pato.

Enquanto isso nós concordamos e apoiamos, como usuários, todos os passageiros e participantes que estão repudiando a medida, inclusive nas redes sociais que estão sendo bombardeadas da empresa mostrando a insatisfação.

Fica o nosso apelo para as empresas: se querem fazer uma mudança drástica, que seja a partir de novos pontos acumulados, e não dos que a pessoa já tem!

COMPARTILHAR VIA