Há 3 dias atrás na cidade de Nova Orléans tivemos a oportunidade de comparecer ao maior evento de premiação dos diferentes programas de fidelidade. É um evento muito bom, principalmente para quem é apaixonado por viagens onde você faz imensas trocas sobre o assunto com experts diversos.

Pois bem, você pode consultar os vencedores desse ano da premiação clicando aqui. Porém uma coisa que muitos não levam em consideração, é que todos os prêmios na verdade são como se fosse um concurso de quem tem mais inscritos nos programas, talvez até por isso nunca nenhum programa brasileiro ganhou.

Além disso os vencedores costumam se repetir ao longo da história, como por exemplo melhor prêmio de programa para a categoria elite, que a American Airlines ganhou pelo décimo ano consecutivo. Por que isso ocorre? Porque a AA tem mais membros que votam neles do que os demais. Então como o AA já tem mais membros votantes, eles começam na dianteira, por isso é muito difícil observarmos um prêmio para o Brasil, pois a quantidade de pessoas que vota é muito pequena ainda.

Então o prêmio que diz mais e é o mais importante do evento é o prêmio 210 Award, conhecido como prêmio qualificado, ou seja, somente quem utiliza o conhece, e também o mais desconhecido pela grande maioria. Num paralelo é como se fosse o resgate da Qsuites com milhas LATAM, um dos melhores resgates do mundo conhecido por muito poucos.

Os programas que se destacaram foram o World of Hyatt no que diz respeito a Hotel e Aeroplan no que diz respeito a cias aéreas. E de fato, ambos os programas são valiosíssimos, porém altamente desconhecidos.

Para quem conhece esses programas consegue realizar experiências incríveis, tanto no ar como na terra, e esse prêmio aponta de fato os melhores nas categorias.

Então, caso você queira quebrar a barreira e passar a aproveitar programas super interessantes como esses, aproveite e venha conhecer a Escola das Milhas, e deixe de depender de fórmulas prontas, passando a entender o cenário e desenvolver suas próprias técnicas.

Deixo aqui os parabéns para todos que votaram, e vamos ver se ano que vem conseguimos emplacar algum brasileiro no pódio, o que nesse momento acho muito difícil, mas nunca se sabe.