Vários blogs americanos do Boarding Area estão noticiando o fato de um comunicado do Mileage Plan, da Alaska Airlines, afirmar que a partir de 1º de Abril de 2021 não será mais possível resgatar pontos para a primeira classe da Emirates.

Isso já acontece com a Singapore Airlines, e não seria nenhuma novidade no meio, porém o comunicado diz que a empresa Emirates irá restringir o acesso a sua cabine de primeira classe para todos os parceiros.

Ainda não existe uma confirmação em definitivo por parte da Emirates, mas é algo bem possível de ser implementado, até para promover o seu programa Skywards. 

Alguns leitores enviaram mensagem falando sobre o Smiles estar liberando passagens de milhas para voar na primeira classe da Emirates, mas não é bem assim. O que ocorre é que o Smiles possui dois tipo de tarifas, a Awards e a comercial. Explicamos bem o assunto nesse artigo assim que isso surgiu no programa.

A tarifa comercial usa suas milhas smiles para pagar a passagem e é completamente desvantajosa, pois é melhor pagar em dinheiro e acumular mais milhas, do que fazer uso desse instrumento. Uma tarifa comercial entre Dubai e São Paulo na Primeira Classe da Emirates custaria algo em torno de 2 milhões de milhas Smiles.

Se isso se confirmar, o programa Skywards sairá fortalecido e somente quem possui cartões americanos poderá fazer uso desse resgate no futuro. Temos um tutorial completo na Enciclopédia das Milhas de como conseguir cartões americanos entre outras dicas, e o cupom BLACK10 ainda está ativo. Então clique aqui, aproveite o cupom e garanta logo a sua

Essa jogada da Emirates é muito inteligente, pois muitos deverão passar a pontuar no programa próprio da cia aérea mitigando a divisão de receitas com os demais parceiros, além de efetuar o resgate mais cobiçado somente pelo seu programa também, assim evitando desperdício de assentos para os parceiros. Deixe sua opinião a respeito nos comentários sobre o que você acha que irá ocorrer.