COMPARTILHAR VIA

Apesar de sempre falar do AAdvantage e da American Airlines nunca apresentamos uma avaliação de voo da empresa. Hoje trazemos para você o review do voo AA 904 do Rio para Miami em classe executiva no Boeing 777-200.

Quem viaja na executiva da American Airlines pode acessar a sala vip do Admirals Club, a qual consideramos ser a melhor sala vip do Rio Galeão. Você pode conferir o vídeo da sala aqui, e não se esqueçam de se inscrever no nosso canal do Youtube.

A rota é operada pelo avião com retrofit de assentos Aerospace Diamond, aquele em que todos são virados para frente e mais espaçosos, diferente do Rio-NY que é o outro em que os assentos são reversos e que é muito ruim, já que seu vizinho acaba mexendo em ambos os assentos por qualquer movimento.

O Assento como você pode ver acima é mais amplo que o primeiro Retrofit, e como todos são virados para frente, os movimentos do vizinho não te incomodam. A configuração é 1-2-1 e todo os assentos tem saída pro corredor. Abaixo você as fotos das funcionalidades do assento.

A tela é grande e tem uma boa resolução. Abaixo você confere o controle do assento, que se transforma em cama na posição de 180º.

Acima você vê o console que você pode guardar algum item pessoal, o que é ótimo para uma bolsa ou carteira já que quando você está dormindo fica na posição cobrindo esse lado, ou seja, caso alguém tenha intenção de mexer irá certamente acordar você. Abaixo você vê a luz de conforto.

O fone mostrado acima cancela o som de ruídos é muito confortável. Abaixo você vê o controle remoto do sistema de entretenimento de bordo.Abaixo você confere as portas de energia, bem como os plugues de conectividade. A localização das portas USB é bem conveniente, principalmente para carregar o seu smartphone.Acima você percebe que o material de cama é da Casper, que é muito mais confortável do que a anterior de marca genérica. Aqui é preciso fazer um parenteses. Ao passo que tanto a Delta como a United oferecem um mini-colchão para ser colocado sobre o assento, a American não só não oferece tal material, como também o serviço não ajuda em nada na arrumação da cama.

Obviamente que não é um trabalho complexo, mas ao ver o passageiro preparando a cama, a tripulação poderia ao menos oferecer ajuda, como ocorre nas demais. Ao invés os comissários simplesmente olham e fingem que nada está ocorrendo.

Outra coisa chata é encontrar a bagagem da tripulação nos espaços reservados para os passageiros premium, principalmente quando o manual deles orienta os mesmos a não utilizarem esses espaços. E caso você precise fazer qualquer tipo de ajuste o dono ou dona da mala vem correndo gritando com você para que não toque na mesma num tom agressivo-passivo.
Abaixo você vê o cardápio e as fotos da seleção de jantar, e é preciso fazer outro destaque aqui. Enquanto todas as cias aéreas concorrentes trazem prato por prato num serviço tranquilo e atencioso, a American já traz um bandeijão para que seus comissários possam logo apagar as luzes e finalizar o serviço.

O Bar de bordo nem foi sequer montado nesse voo, e mesmo que sendo um voo de curta duração, algo menos de 8h, o mesmo deveria ser montado e guarnecido para a conveniência dos passageiros premium, pois o valor deste serviço está embutido na passagem.

Pelo menos dessa vez a seleção de comida estava boa. O bobó de camarão estava gostoso, assim como a entrada. O Sundae de baunilha com calda de chocolate quente e chantily também é um dos pontos altos do serviço. 

O café da manhã não fotografamos pois é um intervalo de refeição muito curto, e logo preferimos dormir até o máximo ponto possível. O voo foi minimamente satisfatório para um passageiro premium. 

Alguém que resolva pagar uma quantia alta por essa experiência estará jogando dinheiro fora na nossa opinião, por isso não recomendamos compra de bilhetes premium da AA que superem 5 mil reais para a costa leste dos EUA. 

Estamos terminando de editar o vídeo do voo e assim que possível iremos publicar no nosso canal do Youtube, o qual convidamos você a se inscrever clicando aqui. Enquanto o vídeo não sai deixe abaixo suas considerações e se você concorda ou discorda de nossa avaliação caso já tenha tido essa experiência.



468x60_reload-V2

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.