Divulgamos há pouco que o governo dos EUA impôs uma restrição de entrada a viajantes que tenham transitado pelo Brasil nos últimos 14 dias, notícia que você pode ler clicando aqui

O que disse Trump? 

“I have determined that it is in the interests of the United States to take action to restrict and suspend the entry into the United States, as immigrants or nonimmigrants, of all aliens who were physically present within the Federative Republic of Brazil during the 14-day period preceding their entry or attempted entry into the United States.”

Traduzindo:

“Decidi que é do interesse dos Estados Unidos tomar medidas para restringir e suspender a entrada nos Estados Unidos, como imigrantes ou não imigrantes, de todos os estrangeiros que estiveram fisicamente presentes na República Federativa do Brasil durante os 14- dia anterior à entrada ou tentativa de entrada nos Estados Unidos “.

Essa medida não é direcionada a brasileiros, e é extremamente entristecedor testemunhar grandes influenciadores e a grande mídia divulgando de forma como se fosse algo pejorativo contra o brasileiro.

Já existia uma restrição do mesmo porte em vigor no Brasil, em que todos estrangeiros, com algumas exceções, estão proibidos de ingressar no Brasil, então está ocorrendo uma reciprocidade de certa forma.

Quero ir para os EUA agora, posso? SIM! Até o dia 29 de maio você poderá viajar livremente para os EUA, e depois, você terá de passar por um país que não tenha restrições de viagens, como por exemplo Chile, México ou Peru.

Se você quiser ir muito para os EUA, deverá passar 14 dias em algum ponto de conexão como Chile, Peru ou México e depois disso seguir para os EUA, porém isso pode ser arriscado, já que poderão haver outras restrições no futuro para outros países da América do Sul, mas é preciso apontar essa possibilidade nesse momento.

Como já escrevemos aqui anteriormente, não recomendamos viagens até o mês de agosto de 2020, pois acreditamos que o ideal é viajar de setembro em diante, e isso considerando o pior cenário possível, mas cada um deve analisar o seu caso específico. 

Acreditamos que essa medida deverá seguir até o momento do ponto de inflexão da curva de infectados, que de acordo com as projeções deve ocorrer a partir da segunda semana de junho de 2020. E você? O que acha? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.