A Apple anunciou hoje o seu mais novo cartão de crédito, o Apple Card. O que já era de se esperar de muitos analistas o produto desapontou demais e prova que a empresa já é não é mais a mesma e está realmente tendo dificuldades para inovar.

O cartão é de bandeira da Mastercard e não terá nenhuma taxa, pois nos EUA como os juros são baixos, muitas administradoras ganham dinheiro mesmo é com anuidade, multas e taxas de pagamentos atrasados ou devolvidos.

No entanto o programa de fidelidade do cartão, “Daily Cash”, é muito fraco sendo nada mais do que um cartão de cashback na proporção 3-2-1. Serão 3% de volta nas compras da Apple, 2% utilizando Apple Pay, e 1% utilizando o Apple Card físico.

Olhando bem para esse modelo da Apple fica até parecendo que eles copiaram o cartão do Nubank, pois a sistemática é muito semelhante. Para aguçar o pedido do cartão de crédito o cartão físico será de Titânio, mas na realidade será só bonito e não vantajoso.

O Cartão será lançado primeiramente nos Estados Unidos a partir de Julho de 2019 e a empresa pretende expandir para outros mercados, porém no Brasil a Apple não poderá garantir a isenção da “foreing fee”, o nosso famoso IOF, senão a empresa levaria um rombo de quase 7% no seu faturamento. 

Nós esperávamos mais da Apple e esse cartão sem benefícios e com um fraco programa de fidelidades foi uma grande decepção. Como não haverá anuidade esse cartão certamente será utilizado pelo público que não consegue ser aprovado por um cartão premium. E você? O que achou desse lançamento?