A conta família já não é novidade no mundo de milhas e pontos, e como exemplo temos o British Airways Executive Club, Jet Blue True Blue, Qantas Club, Asiana, entre vários outros. Todos esses permitem a transferência de milhas entre contas da família de forma gratuita.

A conta família do Smiles apresentada hoje foi uma decepção, pois deixou de inovar, e ainda impôs requisitos para a transferências de milhas entra as contas da família como por exemplo exigir que todos ou sejam diamantes ou sejam participantes do Clube Smiles. 

O Smiles passou então a ser o primeiro programa no mundo que está cobrando pela transferência de milhas na conta família, e ainda exigindo que somente possam estar nesta conta quem tiver o status elite máximo do programa ou pagar o clube.

O Smiles tem melhorado bastante no aspecto geral de programa de fidelidade, mas deixou muito a desejar na apresentação dessa conta família, e acabou ficando atrás, ao invés de trazer algo novo e diferente, preferiu impor barreiras financeiras para lucrar com a sua adesão à conta.

O Tema do clube é “Por que separar aqueles que nasceram para viajar juntos?”, mas o lema correto deveria ser “Por que não cobrar por uma conta única aqueles que nasceram para viajar juntos?”. O Smiles que nos desculpe, mas o lançamento de sua conta família foi apenas mais um produto repetido no mercado, pior que os demais, e sem inovação alguma, e tipicamente brasileiro, onde foi criada uma dificuldade com o oferecimento do clube Smiles para toda a família para então oferecer a facilidade da permissão de acúmulo em conta única.  Você teve impressão diferente ou concorda?

FONTE OFICIAL: SMILES CONTA FAMÍLIA