Para a pergunta do título acima em apenas 1 ano atrás a resposta era “COM CERTEZA”, porém hoje é “TALVEZ”. Acreditamos que ninguém compra pontos livelo com desconto para utilizar os mesmo de pronto, pois esses podem ser maximizados com promoções de 100% ou mais deixando o milheiro com valor de 17,50 reais ou menos a depender da especifidade da promoção em que eles serão utilizados.

Todavia os programas de fidelidade brasileiros e que aceitam os pontos livelo com bônus generosos estão muito ruins. Vejamos os 3 melhores exemplos já que o Amigo faleceu.

1 – TAP MILES&GO: Ainda tem uma tabela boa para resgate, mas o programa não é estável e apresenta nesse momento um risco de transformação da sua tabela fixa em dinâmica. Já faz mais de 2 semanas que solicitamos informações a TAP, porém a mesma ainda não respondeu, o que nos faz temer pela possibilidade de ser implementada uma tabela dinâmica em breve, principalmente em face das sucessivas promoções de 100% de bônus, e com isso é de se ficar em alerta, pois se você comprar pontos Livelo agora para aguardar a próxima promoção para enviar para a TAP, até lá algo por ter acontecido e aí seu planejamento é implodido.

2 – SMILES: As negociações com a GOL falharam e em virtude disso vai vir uma desvalorização em breve, que ainda não podemos precificar. O melhor negócio hoje é voar na Qsuites por 3.750 Reais ida e volta, que é o valor necessário para comprar pontos livelo com a promoção de 100% para o Smiles te permite uma ida e volta em Qsuites da Qatar do Brasil para o Oriente Médio.

Mas ficamos naquela, até quando? Acabamos te ter uma promoção do Livelo para o Smiles de 100% e com isso até a próxima promoção e a falta de disponibilidade da Qatar, será que continua valendo a pena? Se os valores forem mantidos sim, mas como já dissemos anteriormente, a instabilidade está demais nos programas brasileiros no momento. Logo o risco é de cada um.

3 – MULTIPLUS: Esse é o programa com as bonificações mais fracas a partir do Livelo e ainda soma-se ao fato de estar até hoje com problemas técnicos de indisponibilidade ou apresentando valores altíssimos para resgate. Nesse caso específico avaliamos que nem vale a pena se stressar.

Nossa conclusão é que atualmente é um risco muito elevado colocar dinheiro em pontos, diferente daqueles ganhos através do uso do cartão, o qual já é uma despesa necessária, e que gera pontos teoricamente “gratuitos”.

Logo nós ficaremos de fora dessa promoção em função do risco elevado de instabilidade dos programas em questão. Obviamente que essa promoção pode ajudar, mas vai depender do seu perfil.

Nossa recomendação é justamente para aqueles que utilizam essa forma de promoção para abastecer o cofre de pontos com o fim de utilizá-los a longo prazo, como por exemplo aguardar uma promoção de 100%, transferir, e só então cogitar de usar esses pontos.

Infelizmente não é mais possível ter confiança nos programas  brasileiros pelo seu histórico de alterações e mudanças, até mesmo sem aviso prévio. Com isso consideramos de alto risco e talvez até prejudicial participar dessa promoção. Alguém pensa o contrário? Deixe sua opinião na seção de comentários.

*P.S.: Pediram para falar da AZUL, mas a cia aérea cobra tão caro que para citar o programa da mesma o bônus precisa ser no mínimo de 300%, pois qualquer coisa abaixo disso é prejuízo na certa.