Desde que começamos a trabalhar com milhas e pontos, um dos alertas que mais nos chamam a atenção é a frequência de promoção de bônus elevados na transferência de pontos do cartão de crédito para os diferentes programas de milhagem.

Divulgamos hoje pela manhã a mais recente promoção da TAP que chega a dar mais de 100% de bônus caso os requisitos sejam atendidos. Isso é bom? Pode ser sim, mas também pode ter o seu lado “escuro”, que ninguém na atualidade “ilumina”. Que lado “escuro” seria isso? Simples, o valor das milhas do programa. 

Qual a real utilidade da promoção com bônus senão permitir a você acumular um bom valor de pontos para realizar uma viagem? Nenhuma! 

É preciso entender e tratar as milhas e pontos como ficção, como se tudo existisse no “mundo das ideias”, mas não na nossa realidade. Vejamos o resgate atual mais vantajoso da TAP, que são 100 mil pontos em classe executiva para a América do Norte na precificação da tabela atual.

Com a atual promoção é possível transferir 45 mil e receber 100 mil na conta da TAP preenchendo alguns requisitos que irão lhe trazer alguns custos, o qual iremos ignorar nesse momento. 

É possível comprar 45 mil pontos Livelo por 1.890 reais e depois faze toda a maximização e emitir a passagem de classe executiva para a América do Norte ida e volta. Imbatível, não? Sim, por esse valor é realmente imbatível, mas só que estamos falando do “mundo das ideias”.

Tente achar disponibilidade na United ou Avianca para os próximos 12 meses? Não tem nada! E agora? Mas tem a Copa e a Avianca. Perfeito, mas precisamos considerar 2 cenários!

A Avianca está com aquele problema que todos nós já sabemos e esses 1.890 reais podem virar zero, caso o pior cenário se confirme, embora torcemos para que isso nunca aconteça, mas não podemos deixar de considerar essa possibilidade.

Então nos restou a Copa! Então vamos de Copa que ainda está muito bom, e é verdade, mas será que não é um pouco demais gastar 100 mil pontos da TAP com executiva da Copa? A resposta fica com você!

Essa análise foi apenas de precificação/possibilidade/resgate. Também não podemos nos esquecer da questão da tabela das parceiras que hoje é muito boa, mas até quando? O aviso prévio da TAP costuma ser de 30 dias, então é importante considerar também isso.

Em suma a promoção só confirma aquilo que sempre afirmamos aqui, apenas faça uso da promoção se você tiver um resgate em mente com disponibilidade garantida, pois qualquer coisa além disso você fica restrito ao “mundo das ideias” e tudo passa a ser apenas uma possibilidade.

Apesar de ser uma boa promoção é necessário resistir à febre do bônus alto e atuar com parcimônia da melhor forma a beneficiar você, pois nessa relação toda o tempo só corre a favor da empresa, enquanto você precisa se virar para que esse ativo precioso não expire e acabe por te prejudicar. Alguém tem pensamento diverso ou concorda com nossa análise?