A sala Bradesco Cartões está com os chuveiros desativados em função de uma exigência da ANVISA. Ocorre que tal situação é justamente contra o que a ciência prega para mitigar a propagação do vírus.

Tomar banho é o ato mais recomendado, em qualquer situação, e o mais curioso é que pelo menos nas salas internacionais que visitamos durantes esse período como por exemplo a Al Mourjan, a Slow, entre outras, todas com a seção de banho abertas.

Não existe ato de higiene maior, e todo o material de banho depois do uso já é direcionado para uma cesta para então que seja higienizado e usado no futuro. 

É triste que a ciência esteja sendo desrespeitada nesse aspecto fundamental, e cada vez fica mais claro, que em muitos estabelecimentos, estão utilizando a desculpa do período que vivemos para diminuir serviços e aumentar preços. Até quando será que isso irá durar?