Ano passado os cartões da linha credit da American Express passaram a enviar os pontos para a Livelo, e o mesmo ocorre com os cartões da linha “compra” da Amex que são solicitados hoje (The Platinum Card, Gold Card, e Green). Então já todos já tinham ciência de que era uma questão de tempo que o Membership Rewards deixaria de existir passando suas operações para a Livelo, mas não é isso que vai acontecer tecnicamente falando.

Por esse ser um furo de notícia, e estarmos trazendo em primeira mão, muito provavelmente os atendentes não saberão responder aos questionamentos dos clientes Amex, já que o treinamento normalmente ocorre próximo da data da mudança, então não adianta ligar, pois as informações passadas poderão ser equivocadas.

A expectativa é de que a partir do dia 5 de março de 2018 será dado início a conversão do atual programa Membership Rewards para o Livelo MR, ou seja, os pontos acumulados no MR sejam geridos dentro de uma plataforma Livelo. Resumindo: O Livelo MR será uma plataforma exclusiva para esses associados oriundos do MR original. O processo será segmentado, ou seja, alguns serão migrados antes que os demais, sendo o fim de todo o processo previsto para 10 de março de 2018.

A importância desse segmento para o Banco Bradesco é enorme, e por isso essa integração só será possível após algumas exigências serem atendidas pela Livelo, como a possibilidade de troca de parceiros internacionais, entre alguns outros pontos.

Infelizmente o Novo MR Livelo não preservará (pelo menos inicialmente) todos os parceiros ou taxas de troca originais, o que certamente desagradará alguns, mas em função dessa perda de benefício irá compensar aqueles que escolherem continuar com os seus cartões AMEX originais um bônus generoso inicial, o qual não foi especificado para o Blog, apenas que esse bônus de boas vindas à nova plataforma será generoso.

Além disso, os benefícios serão preservados, como por exemplo acesso às salas vip, pontuação que não expira, seguros, e demais. Existe também uma possibilidade haver um aumento na taxa de acúmulo por dólar, mas isso não foi confirmado.

Pontos Positivos da Migração:

  • Parceria com novos programas Internacionais: MileagePlus da United, ClubPremier da Aeromexico, Etihad Guest da Etihad, IHG Rewards da IHG, e Le Club da Accor;
  • Bônus generoso de boas vindas; 
  • Agência de viagens online;
  • Plataforma mais moderna com aplicativo e promoções; e 
  • Possível aumento na taxa de pontuação.

Pontos Negativos da Migração:

  • Perda dos seguintes programas de fidelidade: Krisflyer da Singapore, Skymiles da Delta, Skywards da Emirates, e Lifemiles da Avianca Internacional;
  • Deságio na transferência para os seguintes programas:  Executive Club da British Airways, Iberia Plus da Iberia, MilleMiglia da Alitalia, e Flying Blue da Air France.

Embora haja perda de parceiros, você poderá ainda reservar voos em qualquer cia aérea utilizando o portal de viagens da Livelo, utilizando seus pontos para pagar a passagem, e ainda receber milhas de volta. Então apesar de perder a Delta, por exemplo, é possível reservar voos dela pagante por menos de 60 mil pontos ida e volta em classe econômica para Nova York, como você pode ver no exemplo abaixo, e ainda receber as milhas, pois se trata de um bilhete pagante.

Daí você pode ficar chateado, e dizer que esse voo não é da Singapore, porque você queria voar na nova classe executiva da Singapore para Sydney, e que o resgate vai ficar astronômico. Ora, pelo menos em julho, um trecho de Singapore em Classe executiva para Sydney no novo A380 está apenas 63.400 pontos, e detalhe essa passagem é pagante, e você ainda recebe milhas.

A imagem abaixo é um bug, e agradecemos ao leitor Albino pela chamada de atenção, e de fato uma passagem de Singapore para Sydney na Classe Executiva da Singapore tem valor correto de 384 mil pontos. Pedimos desculpas pelo erro, e agradecemos ao Albino pelo puxão de orelha. 

Analisando friamente, será muito ruim exclusivamente para quem transferia para os parceiros que serão eliminados ou sofreram deságio (nesse momento inicial, pois a empresa ainda está buscando parcerias), já para quem tem outros usos, o programa de fato ficará melhor, pois esses receberão um bônus generoso de boas vindas, e ainda contarão com as promoções de bônus de transferência da Livelo, e possivelmente receberão mais pontos do que recebem atualmente.

Com isso, a operação do American Express será exclusivamente do Bradesco, que detém os direitos de uso da marca, sendo a parte de fidelidade gerenciada pela Livelo. Como foi dito acima a reação será 8 ou 80. A Livelo tem acesso aos comentários do Blog, então deixe aí sua opinião a respeito. De posse dessas informações inéditas, você pretende continuar ou abandonar o AMEX com a nova Plataforma MR LIVELO?