A LATAM Airlines continua a transportar profissionais de saúde gratuitamente como apoio no combate a pandemia de Covid-19. A companhia estendeu o benefício até o dia 30 de setembro de 2020 (iniciado em 23 de março de 2020) para que médicos, enfermeiros e demais especialistas envolvidos na linha de frente do coronavírus mantenham o benefício de isenção total da tarifa aérea em voos domésticos, pagando apenas a taxa de embarque. Além disso, esses profissionais são bonificados com 1.000 pontos LATAM Pass a cada trecho voado.

Para contar com o benefício, os profissionais da saúde devem se apresentar nas lojas da LATAM, localizadas nos aeroportos, com até duas horas de antecedência aos voos para seguir ao seu destino, sem custos, pagando apenas a taxa de embarque.

É indispensável a apresentação de:

  • Documento profissional validado pelo conselho regional competente;
  • Carta emitida pela empresa ou instituição de saúde que comprove o motivo da viagem: o cuidado às pessoas enfermas ou com suspeita de contaminação pela covid-19;

A LATAM, desde  o início da pandemia, já transportou mais de 300 pessoas com necessidade de atendimento médico urgente na América do Sul. Além disso, para atender às necessidades médicas foram transportados, no Brasil, mais de 420 médicos. O objetivo da LATAM com essa atividade é facilitar o acesso dos profissionais aos locais mais impactados com essa crise sem precedentes. A companhia também tem disponibilizado às autoridades de saúde a possibilidade de transportar suprimentos clínicos, amostras e equipamentos médicos necessários para combater o Coronavírus. 

Ainda, por meio do programa Avião Solidário, a LATAM doou passagens aéreas com foco humanitário  à comitiva organizada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, que se dispôs a ajudar as vítimas da grande explosão ocorrida na capital do Líbano neste mês. A companhia transportou seis médicos, especializados no atendimento a pacientes com traumas e queimaduras, até Frankfurt, como parte da jornada a Beirute.