Conforme antecipamos em primeiríssima mão aqui, o Itaú Unibanco lança nesta segunda-feira um novo produto em sua prateleira de soluções além dos serviços bancários: o Viaje Sempre Itaú, programa de assinatura de viagens.

o Viaje Sempre Itaú permitirá que os clientes façam pagamentos mensais (a partir de R$ 50) a serem utilizados no futuro para resgate em pacotes de viagem e diárias de hotéis no site da CVC. O valor é escolhido pelo cliente e debitado do cartão de crédito, com um benefício exclusivo: 10% de bônus a cada mensalidade.

O programa também oferece uma calculadora para ajudar a definir qual a melhor mensalidade para os objetivos e momento de cada cliente, além de flexibilidade total – é possível suspender os pagamentos, cancelar a assinatura ou mudar o valor das parcelas a qualquer momento, sem custo. Além disso, o destino só precisa ser definido no momento do resgate do saldo, o que permite mudanças de planos durante o planejamento financeiro da viagem.

Confira a seguir detalhes do novo programa do Itaú.

  • Assinatura de viagens: o cliente escolhe um valor mensal (a partir de R$ 50) a ser debitado de seu cartão de crédito e destinado ao programa. A cada mensalidade, ele recebe 10% de bônus sobre o valor pago no mês.
  • A partir de três mensalidades, já é possível usar o saldo acumulado como forma de resgate em pacotes de viagem e hospedagem na CVC; além disso, caso seja necessário complementar o valor, será possível realizar um pagamento adicional no momento do resgate (que poderá ser parcelado no cartão de crédito). Para usar o saldo, basta emitir um código no app e utilizá-lo no momento do pagamento no site da CVC.
  • É possível montar pacotes personalizados no site da CVC, de acordo com as necessidades de cada cliente (sem datas, destinos ou hotéis pré-definidos), e a escolha do destino e do pacote só precisa ser feita no momento em que o cliente resgatar o saldo, conforme condições atuais para a data do resgate.
  • Flexibilidade total: é possível alterar o valor da mensalidade, suspender temporariamente os pagamentos ou cancelar a adesão ao programa (com reembolso do total pago – sem direito ao bônus – como crédito na fatura do cartão) a qualquer momento antes do resgate, sem custo adicional e sem burocracia. Após o resgate, o cancelamento seguirá as regras da CVC.
  • Calculadora de viagem: ferramenta ajuda o cliente a calcular uma estimativa de quanto ele deveria poupar por mês de acordo com seu destino, objetivo final de viagem e número de passageiros, entre outras variáveis.
  • Tudo é feito via app Itaú ou Itaú Cartões de forma simples, prática e segura. Além disso, as mensalidades também acumulam pontos na fatura do cartão. 

Agora sejamos sinceros, a CVC é uma empresa que cobra a mais os seus clientes através de taxas, seja na reserva de hotéis ou passagens aéreas. Logo se você contribui com 5 mil reais e recebe um bônus de 10%, terá um crédito de 5.500 reais para gastar exclusivamente na CVC, o que não é bom. Sabe por que?

Se você for comprar uma passagem de 5 mil reais em qualquer cia aérea, a mesma passagem na CVC será de no mínimo 5.700 reais, pois a empresa cobra taxas extras de emissão que na proporção de 5 mil reais fica em torno de 700 reais, o que na prática está fazendo você gastar 200 reais a mais mesmo com o bônus.

Além disso, quando você emite uma passagem pela CVC você fica atrelado a agência de viagem, e isso é ruim porque somente a agência pode resolver problemas que venham a surgir limitando assim a ação autônoma da própria cia aérea.

Então, embora a intenção do Itaú seja boa, no final vai sair mais caro para quem utiliza esse programa do que quem compra direto. Vai ficar naquela mesma coisa do Iphone para sempre, que é um programa ruim, pois você acaba pagando mais no Iphone do que se for comprar utilizando técnicas de milhas ou até mesmo no exterior.

Infelizmente o banco não joga para perder, exceto o Inter (que está mudando as regras no meio do jogo), e por isso esse produto não tem um porquê de ser utilizado. Obviamente que todos são livres para agirem como quiserem, e podem fazer uso do programa se assim acreditarem que faz sentido para o seu perfil.

E você? O que achou desse novo produto do Itaú que já havíamos adiantado desde semana passada? Deixe sua opinião nos comentários.