Recebemos hoje uma informação de uma fonte que não deseja ser identificada que trabalha na Abemf, e que a missão de lá no momento é sufocar o comércio de milhas no Brasil. Para isso, os programas se uniram e irão cortar significativamente os bônus de transferências e compras online.

Se você parar para perceber, desde o fim da Black Friday não tivemos nenhum bônus de transferência significativo, e além disso, os grupos comercias padronizaram seus pontos por real gastos como você pode ver nas imagens abaixo.

Vale ressaltar que a Livelo não faz parte da Abemf, assim como o Amigo da Avianca, logo esses dois programas ainda poderiam trazer bônus generosos, porém em função da concorrência isso pode vir a ser reduzido também.

O aumento na tabela de resgate, bem como a redução no acúmulo de pontos é uma tentativa clara de enxugar o número de pontos ou milhas disponíveis no mercado atual. Parece que com a consolidação da resolução 400 da ANAC, a próxima briga no congresso é desregular o setor de programas de fidelidade, e impedir o comércio de milhas paralelo. A conferir cenas dos próximos capítulos…



B02 - 728x90