Esse artigo é um alerta para todos com viagem marcada pela Qatar Airways. Antes de tudo é preciso dizer que a Qatar Airways é uma excelente companhia e que só temos elogios a ela, porém precisamos falar sobre o que ocorreu.

Na última terça-feira de noite, horário de Brasília, embarcamos no voo DOH – GRU, e tudo correu bem, porém exatamente 12h depois tive uma infecção alimentar grave, já meus dois amigos viajando comigo passaram mal, mas não chegaram a gravidade que eu cheguei.

A única diferença entre eles e eu foi com relação a ingestão da entrada, um prato de lagostin, que estava muito saboroso, mas que com 95% de chances foi o que causou tal infecção. 

Um outro amigo que também voou de Qatar Airways, porém 1 semana antes, teve o mesmo problema, porém ele havia pensado que pudesse ter ocorrido em outro lugar. Traçando o denominador comum parece que a infecção de todos ocorreu sempre na rota de DOHA para algum lugar, e todos sem exceção consumiram frutos do mar à bordo.

Voltamos a afirmar que a Qatar Airways é uma cia aérea fenomenal, e que gostamos muito da experiência, mas é preciso deixar esse alerta para que você evite pratos contendo frutos do mar.

Muitos leitores tem voado de Qatar Airways ultimamente em virtude dos excelentes resgates ensinados pelo curso Escola das Milhas, então prefiram não arriscar a perder 2 dias no hospital como foi o meu caso. 

Aproveito para agradecer as mensagens de todos via instagram, onde avisei do ocorrido, pois a Live que seria feita na quinta-feira teve de ser cancelada e remarcada para hoje, sábado, às 19h30.  Cuidado com o cardápio de bordo em todas as cias, principalmente no que tange a frutos do mar. Boa Viagem a todos!