De acordo com reportagem do UOL Economia, a Avianca deverá alterar o seu programa de fidelidade Amigo para permitir o resgate de passagens com pontos conforme o valor em real, e não mais baseado em uma tabela fixa de pontos como é hoje. De acordo com o presidente da empresa, a intenção é que todos os assentos estejam disponíveis para troca de pontos e não apenas uma porcentagem do avião como acontece atualmente.

Ainda de acordo com o presidente, mudança é para “melhorar” para o cliente conforme ele mesmo cita na reportagem “Vamos dar mais opções aos nossos clientes para usarem as milhas deles de uma forma mais eficiente.” A reportagem ainda cita a possibilidade de os clientes emitirem passagens com as 25 empresas da Star Alliance, o que é uma mentira descarada, já que sabemos que mesmo tendo disponibilidade o programa Amigo não emite para cias aéreas como Thai, Singapore, ANA, e outras.

Essa mudança certamente é um retrocesso, como muitas que vem acontecendo, e às vésperas de uma suposta fusão das Aviancas, então fica difícil e imprevisível confiar no Amigo como um programa para transferir seus pontos. Ao que tudo indica, parece ser uma reportagem “patrocinada” para tentar tirar o foco de como o programa irá ter uma desvalorização significativa.

Com isso o conselho do Blog é que você evite transferir pontos para a Avianca, e se houver pontos já lá, deixe para emitir somente para os parceiros que não deve ter sua tabela alterada, o que na verdade nesse momento não podemos afirmar, já que nada foi falado sobre alteração no resgate dos parceiros. Entendemos que essa mudança que deverá ocorrer até o final de julho será péssima para os clientes, e você? O que achou?