Por essa nós não esperávamos, mas é aquele ditado de cada um por si, quando só tem 3 aéreas no país e essas começam a entrar em confrontos entre si. Segue comunicado oficial da Azul:

A Azul anuncia hoje sua saída da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A companhia, que é uma das fundadoras da associação, criada em 2012, reconhece as importantes contribuições da Abear ao setor nesse período, porém, entende que a partir desse momento prefere representar seus interesses de forma direta.

“Estamos animados com nosso futuro. Vamos seguir com nossos planos de desenvolver cada vez mais cidades, mercados e frota, estimulando o acesso ao transporte aéreo para que ainda mais brasileiros possam voar pelo Brasil e pelo mundo. Já somos um grupo com mais de 12 mil pessoas, temos o maior número de destinos e voos diários no país e temos um caminho de muito crescimento pela frente. Por isso, entendemos que nosso diálogo com a sociedade civil, autoridades, órgãos competentes e demais stakeholders deve ser feito diretamente pela companhia”, diz John Rodgerson, presidente da Azul.