ATUALIZAÇÃO: ESCLARECIMENTOS OFICIAIS DA MASTERCARD

Para que o portador seja elegível ao seguro MasterAssist, quando a passagem é adquirida por meio de um programa de milhagem, o portador no momento da abertura do sinistro deverá apresentar extrato do programa de milhagem como forma de comprovar o modo de aquisição da passagem, uma vez que a compra da passagem não foi realizada por meio do cartão e portanto esta despesa não aparecerá em sua fatura. A fatura do portador também será solicitada para garantir que todas as taxas referentes àquela compra foram pagas com cartão Mastercard Platinum ou Black, assim como documentos adicionais conforme descrito no Guia de Benefícios. Importante ressaltar que se as milhas vierem de cartões diferentes, o cliente terá sim direito ao seguro.

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Pessoal, essa informação foi trazida pelo leitor Paulo Taraborelli. A Mastercard fez uma alteração no seu regulamento no que diz respeito a seguros com passagens adquiridas com cartão de crédito.

Anteriormente, bastava pagar as taxas com o cartão para ter direito ao seguro, porém o leitor nos trouxe a informação, que para passagens emitidas com milhas ou pontos, existe a necessidade de que esses pontos tenham sido oriundos do programa do cartão de crédito em questão.

Por exemplo, se você emitiu uma passagem, seja de qualquer programa brasileiro, que as milhas vieram de dois cartões diferentes, digamos Sempre Presente e Esfera, você não mais terá direito ao seguro, nem em um cartão nem no outro, pois de acordo com a nova escrita do regulamento é necessário que os pontos tenham sido originados todos do mesmo cartão de crédito, e que as taxas sejam pagas com o mesmo cartão.

Além disso se você enviar os pontos do seu cartão Sempre Presente para a Multiplus, e pagar as taxas com seu Master Black Unlimited ou qualquer outro banco que não Itáu, você não terá direito as coberturas.

O que está escrito no regulamento oficial:

“Para Obter Cobertura:

A cobertura é fornecida automaticamente quando o custo total da passagem de uma Empresa de Transporte Comercial for cobrado do seu cartão Mastercard Black qualificado; e/ou adquirida com pontos ganhos em um Programa de Recompensas associado ao seu cartão (isto é, pontos de milhas por viagens). Para que um portador de cartão possa se qualificar para a cobertura, ele deve pagar todos os impostos, custos de envio e manuseio relacionados e quaisquer outras taxas exigidas pelo seu cartão Mastercard Black qualificado.”

Isso é muito ruim para quem tem mais de um programa de cartão de crédito e costuma enviar pontos corriqueiramente para vários outros programas de milhagem. 

No caso da Visa e da American Express, basta pagar as taxas do bilhete, independente de onde vieram esses pontos, para ter direito ao seguro. 

Então fica aqui esse alerta importante, para que você preste muita atenção antes de emitir a passagem para ter a certeza de que esses pontos se originaram do seu programa de recompensas do cartão Mastercard.

Na opinião do Blog isso é uma tática desleal que dificulta ainda mais a concessão de benefícios ao titular de um cartão desse porte, especialmente os Mastercard Black, que possuem altas tarifas de anuidade/mensalidade. E você? O que achou?