De acordo com o departamento de Estado dos Estados Unidos da América, a partir de 1 de julho os estudantes de alguns países com restrições ativas, portadores do visto F-1 e M-1 poderão viajar diretamente ao país sem a necessidade de fazer quarentena em outro país que não possua restrições.

Os alunos que desejam iniciar os estudos no outono, certos acadêmicos, jornalistas e indivíduos que fornecem suporte de infraestrutura crítica em países afetados por uma restrição geográfica do COVID-19 podem agora se qualificar para uma Exceção de Interesse Nacional. Isso inclui candidatos qualificados que estiveram presentes no Brasil, China, Irã ou África do Sul.

Então, se você for iniciar seus estudos nos EUA, a partir de 1 de agosto de 2021, poderá ingressar no país a partir de 1 de julho de 2021, sem a necessidade da quarentena, lembrando que ainda sim para embarcar será exigido o teste RT-PCR negativo, teste esse que mostramos como realizar no aeroporto de Guarulhos e você confere clicando aqui.

Isso demonstra que estamos nos aproximando de uma possível retirada de restrições para viajantes daqueles países que hoje necessitam de fazer quarentena, e conforme as últimas informações a Casa Branca estava cogitando para meados de maio de 2021, mas com essa autorização de estudantes para a partir de 1 de julho de 2021, pode ser que as restrições para turismo venham um pouco mais tarde.

De qualquer forma essa é uma boa notícia e já aponta uma luz no horizonte, até porque a vacinação nos EUA está bem acelerada. E você? Quando acha que os EUA irão retirar as restrições para os portadores do visto B-1/B-2?