Temos recebido várias mensagens de leitores que estão com altos saldos nos diferentes programas de fidelidade, porém tem tido muita dificuldade em achar disponibilidade para resgate.

E isso que está ocorrendo atualmente é normal, pois com os voos cheios, a cia aérea vai querer lucrar, e engana-se quem acredita que a cia aérea está preocupada com seus usuários de milhas e pontos, pois como sempre foi dito aqui, todos nós somos na real reféns das cias aéreas.

Infelizmente muitos ainda não conseguem entender isso, e por vezes tomam decisões precipitadas, e já cansamos de dizer aqui também, que não se pode fazer poupança de milhas, pois essas nunca se valorizam, muito pelo contrário.

O que está acontecendo é bem claro, estamos com poucas ofertas e muita demanda. Veja você que ainda não estamos com todos os voos operando de e para o Brasil no nível pré-pandemia. A American tinha o GRU – LAX que não voltou, e os demais tiveram suas aeronaves com capacidade reduzida. O mesmo ocorre com as concorrentes, porém o povo quer viajar, e muitos estão sim pagando bem caro para fazê-lo.

Com o fim da obrigatoriedade do teste de entrada para os EUA, isso só vai piorar, principalmente agora em temporada de férias tanto nos EUA como no Brasil. 

Você sabe qual a melhor saída agora? NÃO VIAJAR! Aguarde um pouco, e muito em breve lá por setembro ou outubro poderemos estar vendo novos ajustes com base na oferta e demanda.

Hoje, só viaja, quem tem passagem em aberto, ou quem consegue abrir disponibilidade com a técnica que ensinamos no curso Escola das Milhas. Continuamos monitorando a situação para trazer mais oportunidades assim que surgirem para vocês. Então continue nos acompanhando aqui e nas redes sociais. 

Deixe nos comentários sua opinião sobre o assunto, se concorda ou discorda da nossa análise.