COMPARTILHAR VIA

A Espanha é famosa pela capital Madrid e pela badalada Ibiza. Entretanto, quando o assunto é praia, existe um litoral extenso, não tão popular, mas nem por isso menos belo e sem coisas para ver ou fazer. Estamos falando da “Costa del Sol”, uma das três costas espanholas e a mais agraciada pelas altas temperaturas e belezas naturais.

Formada por 11 municípios ao sul do país, a costa faz parte da comunidade autônoma de Andaluzia e tem Málaga como capital. Sendo assim, há muito a se fazer ao longo dessa costa mediterrânea, mas para você não se perder, selecionamos algumas das melhores e mais bem cotadas atrações da região. 

Começando pelas praias, já que são o principal entretenimento da Costa do Sol e também muito limpas – 22 receberam a bandeira azul ano passado, certificação internacional que reflete seu padrão de higiene e instalações. Dentre as mais belas – que não são poucas – podemos mencionar a “Playa del Cañuelo”, localizada em uma reserva natural aos pés das falésias de Maro, que possui um mar de água cristalina e uma incomum areia de tom acinzentado e pedrinhas. É um ótimo lugar para relaxar, já que tem uma localização mais remota. 

Outro local imperdível é a “Playa de Cabopino”, em Marbella, cidade conhecida pelas delícias culinárias de seus pratos com frutos do mar. Como no centro, essa praia é repleta de bons restaurantes e bares a beira mar e também oferece uma grande gama de esportes aquáticos (remo, pedais, jet ski), aluguel de barcos e até passeio para ver golfinhos.  

Um resort bastante popular na Andaluzia é Nerja, no extremo leste, conhecida pelo “El Balcon de Europa” – uma plataforma construída sob um forte do século 13 que proporciona vistas incríveis do Mediterrâneo – e também por suas cavernas subterrâneas. As “Cuevas de Nerja” são um labirinto de estalactites e estalagmites que recebem o Festival Internacional de Música e Dança no verão, com apresentações de música flamenca, clássica e orquestras sinfônicas – beneficiadas pela acústica das galerias que remontam ao período Triássico e são repletas de pinturas rupestres.

Mas não é só de praias e belezas naturais que a Costa do Sol é feita, um dos principais redutos turísticos é o “Alcazaba”, fortificação medieval no topo do monte Gibralfaro, em Málaga – uma das cidades mais antigas do mundo, centro cultural e berço do artista Pablo Picasso. Este tipo de construção data da ocupação árabe e era onde os califas viviam por volta do século 11. Para quem gosta de história esse lugar é um prato cheio, e adjacente a ele ainda se encontram ruínas de um teatro romano e o centro histórico da cidade, que já consiste em uma atração por si só.

Um lugar interessante de se conhecer também é Ronda, cidade queridinha dos escritores Ernest Hemingway e Orson Welles, construída sob um penhasco de 120 metros, o “Cañón de Tajo”. A atração do local é a “Puente Nuevo”, magnífica estrutura erguida no século 18 que atravessa o desfiladeiro “El Tajo”, ligando as duas partes da cidade: “La Ciudad”, a antiga, e “El Mercadillo”, a moderna. Na parte histórica, que remonta à época árabe,  encontram-se  igrejas e palácios medievais, bem como o “Alminar de San Sebastián”, um minarete sobrevivente da mesquita moura da cidade, a “Casa Del Rey Moro”, que inclui uma mina e um jardim e outras duas pontes, a “Puente Árabe” e a “Puente Viejo”. 

Ainda podemos falar de Gibraltar, uma península controlada pela coroa britânica. Localizada do lado norte do Estreito de Gibraltar, canal natural de água que separa os continentes africano e europeu por apenas 14 km, e o Mar Mediterrâneo do oceano Atlântico. Os destaques são o “The Rock of Gibraltar”, um rochedo cujo topo pode ser alcançado por meio de um teleférico, e a população de macacos africanos, que inclusive é protegida e alimentada pelo governo. Há ainda a caverna neolítica de São Miguel, um mirante de onde é possível ver a costa do Marrocos, um jardim botânico e o “Moorish Castle”, uma fortificação medieval. Outro atrativo para os turistas é que essa é uma zona tax free, ou seja, livre de impostos, então muitos vão pelas compras. 

Além de tudo o que já descrevemos, existem incontáveis atrações na região e diversas possibilidades de roteiro. Por isso, muitos optam por alugar um carro e percorrer todo o litoral, que ainda conta com Fuengirola, Benalmadena, Estepona, destinos com proeminência cada vez maior no turismo da Costa do Sol.

*Fonte das fotos é Wikimedia, Flickr, e Wikipedia.

 

 

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é Advogado, Blogueiro, e Consultor de Viagens. Tem um volume de viagens em torno de 500 mil milhas por ano, e após ter viajado por mais de 50 países divulga no Blog Mestre das Milhas a arte e o potencial de maximizar os ganhos com os diferentes programas de Fidelidade. É conhecido internacionalmente como  Líder em assuntos estratégicos sobre programas de milhagem! Já figurou em diversas reportagens na mídia brasileira e americana. Entre em contato através do email [email protected]