COMPARTILHAR VIA

Conhecida mundialmente como a “Vegas da China”, Macau está localizada no sudeste do território chinês. Colonizada por portugueses no século XVI, desde 1999 o local é uma das regiões administrativas especiais da China.

O local é mundialmente conhecido pela grande variedade de hotéis e cassinos luxuosos. Mas não só da rede hoteleira vive o local: lá há espetáculos ao estilo da Broadway, refeições e bebidas gourmet, riqueza histórica e um PIB per capita que faz de Macau o quarto território mais rico do mundo.

Idioma e moeda — O inglês é facilmente compreendido em hotéis e restaurantes, mas o cantonês e o mandarim são as línguas dominantes. Além disso, por ter sido colonizada por Portugal, algumas placas da cidade também estão sinalizadas em português — que continua sendo um dos idiomas oficiais de lá. De toda forma, espere pelas placas e tão somente isso: o censo oficial de 2006 apontou que apenas 2,4% da população fala português.

Com relação à moeda, a Pataca é a oficial de Macau. Ela vale aproximadamente o mesmo que o dólar de Hong Kong. Outra dica importante é que os caixas eletrônicos aceitam cartões internacionais.

Hotéis e cassinos — Em Macau, em cada esquina há um hotel/cassino e isso gera uma enorme variedade de opções. Um dos mais luxuosos da Ásia é o Wynn Palace. Conhecido como o “palácio chinês do século 21”, o lugar impressiona por toda sua infraestrutura, arquitetura, comodidade, tecnologia e luxo. Um dos setores que mais chamam a atenção no Wynn Palace é seu spa. Inspirado no período imperial chinês, ele é considerado o maior spa de Macau.

Há também o complexo luxuoso City of Dreams. Spa e resort, esse complexo comporta shopping center, sedia diversos shows e abriga um dos cassinos mais importantes da Ásia. No segundo andar do City of Dreams, está a sala PokerStars Live que, além de disponibilizar grande variedade de entretenimento, é a casa dos maiores campeonatos de poker do continente.

 Photo by WiNG >>> LICENSE: CC-BY-SA-3.0

Museu de Arte de Macau — Este excelente museu de cinco andares conta com sete diferentes galerias. Por lá, há exibições de arte criadas em Macau e na China, incluindo pinturas de artistas ocidentais e milhares de livros sobre arte, pintura, caligrafia, arqueologia e cerâmica. Além disso, há dois gabinetes audiovisuais com mais de 500 títulos de filmes chineses e estrangeiros.

Uma grande vantagem é que o museu conta com traduções em português e isso torna a visita ainda mais atrativa para os brasileiros. É importante ressaltar que o Conselho de Turismo de Macau elaborou as melhores rotas de turismo de Macau por meio de aplicativos móveis. Nas rotas, estão sugestões de visitas às Muralhas da Cidade Velha, à Casa Jardim, várias fortalezas e ruínas.

Museu do Grande Prêmio — O museu conta com exposições relacionadas ao automobilismo de todo o mundo, incluindo fotos, vídeos, artigos ilustrados, troféus de campeões e alguns itens comemorativos.

O museu não existe por acaso. Macau é uma das principais localidades da Ásia quando o assunto é automobilismo. Durante muito tempo, foram disputadas etapas de diversas categorias renomadas, como da Fórmula 3 e Fórmula E. Uma das principais atrações do local é um carro de Fórmula 3 pilotado pelo brasileiro Ayrton Senna na década de 1980.

Vida noturna — Macau tem vida noturna agitada. Além dos cassinos, locais como Club Cubic e Macallan Whisky Bar & Lounge são recomendados para diversão. Com quase 2.800 metros quadrados e cinco salas temáticas de karaokê, o Cubic é considerado um dos maiores clubes de dança do continente asiático.

Já o Macallan Whisky Bar & Lounge é conhecido por sua sofisticação no ambiente e também por disponibilizar uma das melhores seleções de uísque em Macau.

Culinária — A culinária macaense é uma mescla de todos os locais que os comerciantes portugueses visitaram ao longo da rota marítima do Século XVI, que vão do leste da Ásia até Lisboa.

Um dos pratos típicos da região é o arroz frito português. O prato nada mais é que uma mistura de arroz com camarão, pedaços de bacon, ovo, aspargos, frango e azeitonas. Outro prato emblemático na cultura macaense é a galinha africana. O prato é composto por um frango inteiro, cozido em um molho de alho, tomate, molho de pimenta português e leite de coco.

Photo by Fancy-cats-are-happy-cats >>> LICENSE: CC-BY-SA-3.0
COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.