COMPARTILHAR VIA

As mudanças serão feitas de forma gradual e consumidor terá opções de escolha ao comprar sua passagem

 

A LATAM Airlines Brasil coloca em prática nos próximos dias suas novas regras de bagagem para voos nacionais e internacionais. Em 18 de maio, mudam as regras relacionadas à franquia permitida por passageiro e ao pagamento pelo excesso. A previsão é que a companhia inicie também a cobrança da primeira bagagem em voos domésticos e a venda de bilhetes por meio de novos perfis de tarifas nos próximos 50 dias. 

As mudanças foram anunciadas pela LATAM em 6 de março e aguardavam a liberação judicial das novas normas de bagagem da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) para serem implementadas. As novas regras para franquia de bagagem e excesso que serão válidas a partir do dia 18 de maio já foram comunicadas e estão detalhadas no site da companhia: LATAM.com/suabagagem 

No caso da cobrança pelo despacho do primeiro volume em voos domésticos, o valor foi revisado pela companhia e, quando implantado, será de R$ 30,00 para compras antecipadas.

“A partir desta mudança, o cliente que viajar sem despachar a mala em voos dentro do Brasil vai pagar tarifas mais acessíveis. A LATAM e suas filiais projetam reduzir em até 20% as tarifas mais baratas disponíveis para seus voos domésticos até 2020, consolidando sua importância para o desenvolvimento do turismo na região e contribuindo para o crescimento do tráfego aéreo. Nossa meta é aumentar em 50% nossos passageiros transportados até 2020”, afirma Jerome Cadier, presidente da LATAM Airlines Brasil.

Todas as alterações serão feitas de forma gradual para ajudar o cliente a se adaptar a esta nova dinâmica e garantir excelência na execução do novo processo. “Queremos assegurar que o nosso cliente continue tendo a melhor experiência de viagem durante toda a sua jornada e daremos opções para que ele escolha a tarifa que achar mais adequada, com os serviços que vai realmente utilizar”, explica Cadier.

Novos perfis de tarifas

Uma das novidades que os clientes verão em breve será a reformulação do modelo de vendas de bilhetes por perfis tarifários.

A companhia oferecerá quatro opções de perfil de tarifas: Promo, Light, Plus e Top. As faixas de preço de cada um irão variar de acordo com os pacotes de benefícios que oferecem, como a possibilidade de acúmulo de pontos no programa LATAM Fidelidade, reserva antecipada de assento, Espaço+ e de remarcação ou reembolso do bilhete. Isso dará mais flexibilidade para o consumidor, que poderá escolher como e pelo que prefere pagar.

No momento da compra, o consumidor também poderá optar por diferentes perfis de tarifas por um valor fixo, selecionando aquele que mais se adequa à sua necessidade.

Assim, um passageiro que queira viajar sem bagagem e sem a necessidade de remarcação, mas ainda acumular pontos no programa LATAM Fidelidade, por exemplo, poderá economizar R$ 40,00 ao selecionar a tarifa Light em comparação com a tarifa Plus.

Além disso, caso o cliente escolha um perfil de tarifa que não possua bagagem, ele poderá comprá-la separadamente a qualquer momento.

A tabela a seguir mostra quais serão os perfis de tarifas da LATAM e qual o pacote de benefícios de cada um deles.

Implantação será de forma gradual e ocorrerá em data a ser comunicada posteriormente

As mudanças são parte da nova forma de viajar que o Grupo LATAM vem adotando desde o início do ano para voos domésticos nos países onde opera. Neste modelo, o cliente terá mais opções ao escolher sua passagem, pagando apenas pelo que de fato necessita e alguns serviços que sempre foram cobrados de todos os passageiros, passarão a ser opcionais. Exemplos desses serviços são o despacho de bagagem, a seleção de assento e a alimentação a bordo. 

 

 

 

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é Advogado, Blogueiro, e Consultor de Viagens. Tem um volume de viagens em torno de 500 mil milhas por ano, e após ter viajado por mais de 50 países divulga no Blog Mestre das Milhas a arte e o potencial de maximizar os ganhos com os diferentes programas de Fidelidade. É conhecido internacionalmente como  Líder em assuntos estratégicos sobre programas de milhagem! Já figurou em diversas reportagens na mídia brasileira e americana. Entre em contato através do email contato@mestredasmilhas.com
  • Gustavo

    Oneworld Emerald e Sapphire não precisa pagar taxa pra despachar bagagem, certo?

  • Christos Apostolos Colohoridis

    De quanto sera reduzida a quantidade de milhas para estas tarifas ?????

  • Henry

    A tarifa promo é muito muquirana… sequer permite marcar assento…
    Aí, os caras tiram tudo na tarifa, reduz um pouco e diz que é por conta de não ter mala..
    Se quiser marcar assento, paga… mala, paga… ir ao banheiro, paga… um copo d´agua, paga..

    • Diogo

      Tiram tudo isso e ainda não abaixam a passagem. Essa história que vai abaixar o preço se não levar bagagem é p trouxa acreditar.

    • Josue Catharino Ferreira

      e depois virão mais cobranças: falar com os comissários também paga, ligar para o SAC da Latam paga, fotografar a aeronave da tam no saguão do aeroporto paga, daqui a pouco para olhar o site da Latam também vai pagar….
      e duvido que reduzirão os preços…

  • Jorge

    quem for platinum na aa paga a primeira bagagem? tem algum tipo de acordo entre as empresas?

  • Bruno Pinho

    Eloy, veja se entendi bem… comprando antes do dia 18 prevalecem as regras atuais? 2 malas para viagens p USA e Europa… se for o caso .. to pensando em me adiantar…. sei lá…

  • George

    LATAM faz Control C + Control V nas regras das cia americanas. A tarifa PROMO é muito Basic Economy delas. Tsc tsc tsc.
    O que sempre faltou na Lan foi falta de personalidade. Agora na TAM. Que bonito.