COMPARTILHAR VIA

Hoje pela manhã minha amiga Beatriz do Blog Milhas e Destinos identificou uma conduta deplorável por parte do Smiles, onde a empresa dividiu suas tarifas em duas, a tarifa award, e a tarifa comercial. Mas qual a diferença básica entre elas?

A Tarifa Award é o tipo de tarifa puramente de resgate de milhas, enquanto que a tarifa comercial é uma tarifa que utiliza suas milhas para pagar a passagem via intermédio da Smiles Viagem. Esse mecanismo foi feito para permitir resgates nas parceiras, mesmo que essas não tenham disponibilidade de passagens prêmio, porém o negócio ficou muito pior do que você pode imaginar.

Com a introdução desse novo mecanismo, os clientes que emitirem suas passagens “prêmio” no modo de tarifa comercial não terão direito a acumular pontos como acontece na parceria do TudoAzul com Viajanet, e o pior de tudo, caso você necessite cancelar ou alterar a passagem você não terá esse direito, ou seja, além de desembolsar mais milhas, pois esse tipo de tarifa exige mais, e pagar a taxa ilegal de combustível, você ainda perderá todo o montante investido por conta do regulamento. Veja as imagens abaixo retiradas hoje, dia 23 de Janeiro do site Smiles para uma emissão de bilhete prêmio entre São Paulo e Lisboa na mesma data, e mesmo itinerário de voo.

Perceba que a primeira imagem representa a tarifa comercial onde você desembolsa 115 mil milhas para viajar de classe econômica e paga 320 Reais a mais em função da taxa ilegal de combustível. Já na segunda imagem, para exatamente o mesmo itinerário, você desembolsa 90 mil milhas e apenas 130 reais, pois se trata de uma tarifa award.

Resumindo, se você for de econômica na tarifa comercial irá gastar mais milhas, pagar mais dinheiro, e terá menos direitos, pois a franquia de bagagem também é zero, como você poderá observar no print abaixo. Além disso não é permitido remarcações ou cancelamentos, e caso você dê no show, perderá todas as suas milhas utilizadas.

 

Parece que a empresa perdeu o rumo, ou então a situação lá está tão boa e confortável, que a mesma desistiu dos seus clientes, pois está tornando inviável o resgate de milhas com as parceiras internacionais. 

Outra coisa que parece ser má-fé da empresa é a questão do aviso prévio, pois isso foi alterado da noite para o dia, e se não fosse o alerta feio por parte da Beatriz, talvez isso só fosse ser identificado quando alguém precisasse cancelar ou alterar uma passagem e descobrisse naquele momento a impossibilidade do reembolso em virtude do novo regulamento.

Então, ao juntar as peças do quebra cabeça percebemos que a empresa mudou seu regulamento, criou um tipo de tarifa de resgate que exige mais milhas, e não pode ser alterada, e não comunica nada disso aos seus clientes. Se isso não for má-fé, não sei o que se trata.

Ainda enviamos vários emails para a Empresa que não retornou o contato, pois gostaríamos de ouvir o lado deles, porém parece que não estão interessados em dar nenhum explicação.

É triste ver a que ponto isso chegou, e em função disso, não existe outra alternativa que não seja recomendar todos vocês que evitem o Smiles. Obviamente que iremos continuar divulgando informações sobre o programa, mas a recomendação é que você queime suas milhas por lá, de preferência nas tarifas awards, e evite o mesmo o máximo possível.

Claro que podem surgir oportunidades no Smiles, mas me parece um fator de altíssimo risco assinar o clube e enviar milhas para lá, uma vez que o negócio está tomando uma forma de inviabilizar os resgates das parceiras internacionais.

E aqui fica a nossa dúvida. O que será que está acontecendo com a Smiles? Será que alguém responsável por esse departamento lá dentro enlouqueceu? Será que os lucros da empresa fizeram subir a cabeça dos responsáveis? O que será que aconteceu?

 

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.