COMPARTILHAR VIA

Recebemos muitos questionamentos sobre a questão de hotel. Para quem segue no instagram percebeu que estou no Intercontinental Singapore e o valor foi muito bom, e daí surgiram várias perguntas e dúvidas.

A pergunta mais comum foi como balancear em qual hotel ficar em função do preço. Essa também não tem uma resposta fácil. Desde que comecei a viajar com frequência eu criei uma regra que se adequa ao meu perfil. Para diárias acima de 249 dólares americanos utilizo pontos e para valores abaixo eu pago.

Mas essa regra funciona em consonância com outra regra, a de fidelidade. Eu elegi o IHG Rewards como o meu programa principal. Por que? Porque existe hotéis da rede na maioria dos destinos mais visitados por mim e com os melhores preços.

O programa de Backup é o Hotéis.com. Por que? Porque envolve qualquer hotel que seja com um programa de fidelidade simples, mas que funciona e com isenção de IOF e parcelamento sem juros no pré-pagamento de reservas.

Então se eu escolho um destino e não existe hotel da rede IHG, ou todos estão acima de 249 dólares, a opção é utilizar pontos do programa IHG rewards. Caso não haja saldo de pontos suficiente ou não haja disponibilidade, então eu aciono o hoteis.com

Essa fórmula tem funcionado muito bem pra mim, pois durante o ano consigo manter o nível elite máximo no IHG Rewards e ainda receber uma ou duas noites grátis via hoteis.com.

Outra pergunta foi em relação ao status, pois eu prefiro pagar um pouco mais caro a hospedagem no Intercontinental em função dos benefícios do programa.

Aqui infelizmente não tem uma resposta boa para quem viaja pouco, pois para receber o ROYAL AMBASSADOR, é necessário se hospedar 60 noites no ano na rede IHG, sendo que dentre essas 20 precisam ser em hotéis da marca intercontinental, e em pelo menos 3 intercontinentais diferentes.

Para um viajante frequente não é difícil, mas para quem viaja de uma a duas vezes no ano é mais complicado, por isso a rede oferece o AMBASSADOR por uma taxa de 200 dólares por ano, o que considero vantajoso, pois isso te dá benefícios como “Late Check-out” às 16h, água e frutas gratuitas durante estadia, upgrades, uma noite gratuita ao comprar outra em um final de semana e 5 mil pontos bônus.

Porém o melhor benefício que é o acesso ao Clube é reservado somente ao ROYAL AMBASSADOR, mas sempre existe um jeito e a rede IHG é muito boa no customer service. Então existem outras formas de acessar ao lounge do hotel como por exemplo enviar um email antes ao hotel pedindo a cortesia, e pode acreditar que isso funciona, ou então pague o upgrade ao clube no momento do check-in pois é sempre mais barato do que você reservar o quarto com acesso.

Também chegaram outras perguntas de outras redes, todavia eu não utilizo como por exemplo Hilton, SPG, Marriot então não me considero capaz de dissertar especificamente sobre esses.

Já a rede Hyatt eu utilizo aleatoriamente por ter o status Explorist Lifetime, que é o suficiente pra mim, pois garante 4 acessos ao Lounge por ano, e dificilmente eu me hospedo no Hyatt mais que 4 vezes ao ano. 

Eu tentei responder as perguntas que enviaram por mensagem e direct do instagram, mas se ainda restar alguma dúvida deixe sua pergunta nos comentários que eu tento esclarecer o mais breve possível, só peço desculpas pelo fuso, logo tenha um pouco de paciência para a resposta. Toda as perguntas serão respondidas.

 

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.