COMPARTILHAR VIA

O amigo Gabriel Gasparetto me chamou atenção para uma matéria que saiu hoje no Diário do Poder, sobre estar em análise uma lei que impeça a cia aérea de dar prioridade aos clientes de programas de fidelidade sobre preferência de embarque, e obviamente o relator está pedindo rejeição do projeto.

Falar o que? É um projeto ridículo, e mostra a qualidade do nosso legislativo, que parece ser muito fraca. Atualmente já existe uma lei que dá prioridade a quem essa é merecida, a lei 10.048 de 2000. 

É uma interferência indevida do Estado querer legislar sobre algo tão específico, e que não traz prejuízo a ninguém. Só falta querer colocar algo para quem quiser embarcar primeiro terá de pagar extra, como algumas americanas fazem, e mesmo assim embarcarão atrás das prioridades por lei, e com a desculpa esfarrapada de ajudar as cias aéreas a receberem mais, e que no fim todos irão embarcar do mesmo jeito ou algo do tipo.

Com o advento da resolução 400 da ANAC, dá até medo pensar numa coisa dessas, já que o Governo parece estar mais interessado em ajudar as cias aéreas a lucrarem mais, do que os passageiros a gastarem menos. E você? O que acha disso? Acredita que deva ser criada uma lei especial para embarque nos voos?

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é Advogado, Blogueiro, e Consultor de Viagens. Tem um volume de viagens em torno de 500 mil milhas por ano, e após ter viajado por mais de 50 países divulga no Blog Mestre das Milhas a arte e o potencial de maximizar os ganhos com os diferentes programas de Fidelidade. É conhecido internacionalmente como  Líder em assuntos estratégicos sobre programas de milhagem! Já figurou em diversas reportagens na mídia brasileira e americana. Entre em contato através do email [email protected]