COMPARTILHAR VIA

A ABEMF enviou um comunicado oficial em resposta ao artigo publicado no dia 18 de Dezembro de 2017, que pode ser acessado clicando aqui. Segue o comunicado abaixo:

 

A Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF) informa que não há qualquer ação por parte da entidade e suas associadas no sentido de reduzir bonificações nas transferências de pontos/milhas. A estratégia de concessão de bônus é estabelecida por cada associada, sem a participação da associação.

Sobre a prática de comercialização de pontos/milhas, a ABEMF alerta para os riscos deste tipo de ação. A venda de pontos/milhas é proibida pelos regulamentos dos programas de fidelidade, justamente para assegurar a viabilidade do programa, sua atratividade, sua existência e continuidade.

A proibição é apontada, inclusive, no recém-lançado Código de Autorregulação da ABEMF, criado com a contribuição de todas as associadas para estabelecer regras claras para atuação das empresas do setor, com o objetivo de instituir um padrão de ética e conduta, além de contribuir para o desenvolvimento do mercado e formalizar direitos e deveres de empresas e participantes.

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.