COMPARTILHAR VIA

Na semana passada tive a oportunidade de experimentar a classe executiva da Azul na rota de Campinas a Orlando a bordo do A330 com os novos assentos da Executiva. Uma coisa que me surpreendeu bastante foi a conexão em Campinas, já que vim do RJ, e a experiência foi bem melhor do que as conexões já realizadas em Guarulhos.

Após o desembarque doméstico, você passa pela segurança e Polícia Federal como de costume, e no caso de VCP não havia filas. Também não foi preciso trocar de terminal como ocorre em GRU. Logo após os procedimentos de saída do País, o Lounge Vip da Azul fica no segundo andar à esquerda.

Como vocês podem ter percebido no vídeo acima, o lounge vip da Azul em VCP é pequeno, porém muito aconchegante, e nesse presente momento atende bem ao público. Vale destacar que é um lounge muito bom para famílias, pois conta com uma boa sala para crianças.

Logo antes do embarque tive a oportunidade tirar fotos da cabine do avião que opera a rota. Uma das maiores surpresas que percebi foi como o espaço Azul internacional é um assento confortável na classe econômica, assim como o Skysofa que se transforma numa grande cama. Veja as fotos abaixo:

Cabine Ecônomica com Espaço Azul
Cabine Econômica com Espaço Azul
Skysofa
Cabine Econômica Normal
Cabine Econômica Normal
Cabine Econômica Normal
Cabine Econômica Normal
Cabine Econômica Normal
Saída de Emergência da Cabine Econômica Normal
Cabine Econômica Normal

Eu voei na Classe Executiva, que tem um Hard Product (Assento e atributos físicos) bom, mas o que mais me surpreendeu mesmo foi o serviço da Azul (Soft Product). Ninguém sabia ou foi avisado que eu estaria no voo, e também poucos me conhecem em virtude de não expor fotos pessoais aqui no Blog, logo não houve serviço “diferenciado”.

Vejam as fotos do assento da Classe Executiva abaixo:

Classe Executiva Azul A330
Classe Executiva Azul A330
Classe Executiva Azul A330
Classe Executiva Azul A330
Console de Controle do Assento e do Entretenimento de Bordo
Porta-Objetos
Fone e Kit de Amenidades
Tomada
TV
Classe Executiva Azul A330
Classe Executiva Azul A330

Comparando com o Hard Product das demais cias aéreas que já tive a oportunidade de voar, a Azul se saiu muito bem, ficando atrás apenas da American Airlines, pois na minha opinião pessoal esse assento venceu os da Delta Airlines, United Airlines, Latam, British Airways, Iberia, e Air France.

Já com relação ao Soft Product, a Azul foi a melhor de todas. O atendimento da equipe de bordo foi espetacular, e sempre com sorriso e solicitude. A refeição estava deliciosa e ouso dizer que foi uma das melhores que já fiz à bordo. Eu escolhi o Bobó de camarão que estava muito saboroso, que veio acompanhado de uma pequena salada e um caldinho de feijão. Veja as fotos abaixo:

Refeição de Bobó de Camarão da Classe Executiva
Refeição de Bobó de Camarão da Classe Executiva
Caldinho de Feijão
Seleção de Pães
Salada com Carne Seca desfiada
Sobremesa: Sorvete de Creme com calda de chocolate

Depois da refeição a aeromoça veio e fez a cama. Aqui vale um adendo, que geralmente quando peço para alguém da AA fazer a cama, a aeromoça vem e simplesmente joga os acessórios em cima de mim, e no caso em questão a aeromoça da Azul arrumou a cama com um gosto e um sorriso de apaixonar, faltou muito pouco para sair um pedido de casamento a bordo.

Assento na configuração cama

Depois então veio o serviço do café da manhã, que também foi muito bom. Abaixo coloco a foto da escolha do café da manhã, e em seguida do menu ofertado no voo. 

Mas nem tudo foram mil maravilhas, e é preciso mostrar as coisas ruins como por exemplo a limpeza do assento no meu voo de regresso de Orlando para Campinas. O Assento estava sujo e não havia sido limpado.

Além disso o serviço de entrega de bagagem foi deficiente no regresso de Orlando demorando demais, tanto em Campinas como no destino final da conexão. Isso não deveria ocorrer pelo motivo de a bagagem ter sido etiquetada com prioridade, e não existe coisa que aborrece mais do que a demora exagerada da bagagem depois de uma viagem internacional.

Relatamos os erros e acertos da Azul nessa viagem, mas no geral foi muito bom, sendo que o atendimento a bordo merece um destaque especial. É preciso reconhecer e dar os parabéns para ambas as equipes de bordo da Azul, tanto do voo da ida como no voo da volta.

Com relação aos pontos, como essa foi uma passagem pagante, eu decidi por enviar o crédito para a United, pois rende 150% da distância em milhas para resgate, e 200% da distância para qualificação elite com a United, e como esse ano estou buscando status na cia aérea achei muito bom os números para crédito de pontos na parceira.

Ressalto que essa foi uma passagem paga sem qualquer vínculo com a empresa, e todas as opiniões aqui expressas não representam um endosso a cia aérea, mas sim a opinião de um passageiro pagante ao experimentar a classe executiva da Azul na rota de Viracopos a Orlando. Espero que você tenha gostado, e se ficou alguma dúvida ou consideração por favor comente abaixo.

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.