COMPARTILHAR VIA

Com as péssimas mudanças que estão por vir para o Amex TPC Brasil recebemos muitas mensagens solicitando informações sobre a possibilidade de conseguir um cartão de crédito AMEX TPC americano. O cartão americano, além de infinitamente melhor que o brasileiro, mesmo com uma anuidade cara, de 550 dólares, é considerado um dos melhores cartões de crédito do mundo.

Em comparação com o cartão brasileiro, o americano praticamente “humilha”,  pois mesmo com uma anuidade maior, oferece os seguintes benefícios:

  • 60 mil pontos do Membership Rewards após gasto de 5 mil dólares em 3 meses;
  • Crédito de 200 dólares por ano com o Uber nos Estados Unidos;
  • 5 pontos por dólar na compra de passagens aéreas, inclusive em sites internacionais;
  • 200 dólares de crédito em uma cia aérea parceira de sua escolha;
  • 100 dólares para aplicação do Global Entry/Tsa Pre;
  • Priority Pass Select – Visitas ilimitadas para o portador;
  • Acesso ao Delta SkyClub ao voar Delta;
  • Acesso aos Centurion Clubs;
  • Acesso às salas Bradesco Cartões;
  • Acesso ao Fine Hotels & Resorts online;
  • Acesso ao The Hotel Collection;
  • Platinum Travel Services;
  • Categoria elite GOLD no programa da SPG;
  • Categoria elite GOLD no programa Hilton Honors;
  • Assinatura do Boingo para até 4 dispositivos ao mesmo tempo;
  • Sem cobrança de qualquer taxa extra para compras no exterior (Dos EUA); e
  • Seguros e proteções consideráveis.

Primeiramente vale destacar que é sim possível solicitar tal cartão, mas a aprovação depende única e exclusivamente da Amex dos EUA. Temos ciência de duas formas de pedido, uma comprovada e outra “contada”.

Vamos começar pela “contada”. Um número considerado de pessoas já contou ter conseguido o Amex TPC ao aplicar via o telefone 1-800-243-3888 fornecendo informações sobre o Amex TPC Brasil. Ao falar no telefone com um agente, bastava informar que era portador do cartão de crédito brasileiro e solicitar o equivalente americano, e então o agente fornecia um endereço da sede executiva do Amex em Nova York, para que a pessoa pudesse fornecer os extratos dos últimos 3 meses do cartão, conta bancária, e uma comprovação de renda. Em 2015 eu mesmo tentei esse método e fui negado, as sabemos de pessoas que lograram êxito.

Agora vamos explicar como funciona a forma “comprovada”. Sempre que você solicita um crédito nos Estados Unidos as instituições verificam você como perfil de pagador baseado em uma pontuação de crédito conhecida como CREDIT SCORE. Essa pontuação é atrelada a sua identidade utilizando o SOCIAL SECURITY NUMBER, que não é dado para quem NUNCA trabalhou nos EUA, ou seja, portadores do visto B1/B2 não estão elegíveis a receber esse documento. No entanto é possível sim construir um histórico de crédito e conseguir a pontuação realizando o seguinte procedimento:

  • Abrir uma conta bancária nos EUA: Recomendamos o Bank of America, pois é o banco mais fácil e menos burocrático dos EUA, e bastam apenas 2 documentos de identidade, sendo um deles obrigatoriamente o passaporte. É necessário fornecer um endereço nos EUA, mesmo que você não more lá, para que o seu perfil de crédito seja construído tendo esse endereço como referência. Vale destacar que é possível abrir a conta com endereço no Brasil (Foreign), mas nesse caso não será possível construir uma pontuação de crédito, pois isso apenas funciona para endereço americano.
  • Solicitar um cartão de crédito segurado: O “Secured  Credit Card, como é chamado nos EUA, é um cartão “pré-pago” de crédito para evitar o risco do não pagamento ao credor. Basicamente você deposita um valor acima de 300 dólares que será sua linha de crédito, e com isso poderá usar o cartão como um verdadeiro cartão de crédito até o limite do depósito, e é importante que você pague a fatura todo o mês, e após 6 meses, você receberá a sua primeira pontuação de crédito. Para maiores detalhes clique aqui.

Assim que você receber sua primeira pontuação de crédito, aguarde uns 2 dias úteis, para que a mesma possa ser “distribuída”, e então separe um dia para solicitar vários cartões Amex. 

Essa é talvez a fase mais importante, pois a partir do momento que você tem um credit score, qualquer solicitação de cartão diminui a sua pontuação, então o recomendável a fazer é solicitar vários cartões em um mesmo dia.

Comece de cima para baixo, aplique primeiro para o Amex TPC, depois para o Amex GOLD PR, depois para o AMEX Everyday, e então para o AmexBluecash. Nós recomendamos solicitar todos esses, pois aquele que for aprovado vai criar um perfil seu na própria AMEX e irá gerar um Fico Score novo dentro da AMEX.

Caso você não consiga o TPC logo na primeira tentativa, aguarde 6 meses de relacionamento, e após esse período com todas as faturas pagas em dia, dificilmente a sua aplicação será negada. 

Nós já publicamos um tutorial de como aplicar para um cartão Amex americano, mas é muito importante que ao fazer você já tenha alguma pontuação no seu histórico de crédito.

É um caminho longo, chato na maioria das vezes, mas completamente possível. E você perceberá que isso lhe trará uma economia enorme de dinheiro ao pagar suas contas diretamente nos EUA evitando assim IOF e as cotações abusivas dos diversos cartões brasileiros. Você pode utilizar o transferwise para economizar no câmbio, e você perceberá que você fará muito mais com menos “REAL” gasto.

Seria interessante que cada um pudesse compartilhar sua história de sucesso, bem como dificuldades nesse processo, dúvidas, e outras para dar mais detalhes a essa discussão. Já temos publicado artigos que estão linkados acima com maiores detalhes dos procedimentos, mas estaremos à disposição para ajudar via seção de comentários abaixo. Boa sorte a todos que aplicarem.

ATUALIZAÇÃO: CIAS PARCEIRAS DO MEMBERSHIP REWARDS AMERICANO:

 

COMPARTILHAR VIA
Eloy da Fonseca Neto é apaixonado por viagens, e utiliza dos programas de fidelidade para levar sua família ao máximo de lugares possível. Criou o Blog Mestre das Milhas ao notar a falta de informações sobre pontos e milhas no Brasil, com a intenção de auxiliar a todos para que possam realizar cada vez mais viagens, e sempre ao lado de seus entes queridos.